Gente

Eles deram o que falar em 2011

52 estrelas (ascendentes ou cadentes) que marcaram o ano em São Paulo

Por: Alvaro Leme, Leonam Bernardo e Ricky Hiraoka - Atualizado em

Paulistanos de 2011
Paulistanos de 2011: melhores e piores momentos (Foto: Veja São Paulo)

A marombada assistente de palco Juju Salimeni se estranhou o ano inteiro com a colega de ofício Nicole Bahls, com direito a acusações de que uma teria feito macumba para que o bumbum da outra sucumbisse à ação da lei da gravidade. Enquanto isso, as apresentadoras Adriane Galisteu e Luciana Gimenez puseram fim a uma rixa de longa data.

+ Os paulistanos que brilharam em 2010

O prefeito Gilberto Kassab articulou durante meses a criação de seu próprio partido, o PSD, que já nasceu como o terceiro maior do Brasil. O jogador Neymar deu bola dentro nos campos e o humorista Rafinha Bastos, bola fora com declarações de péssimo gosto na televisão. Bem ou mal, em algum momento de 2011 falamos deles ou dos demais nomes espalhados pelas páginas desta edição de retrospectiva. São personalidades de graus de relevância distintos, mas que ocuparam cada um à sua maneira os holofotes da cidade nos últimos meses.

Fonte: VEJA SÃO PAULO