Campeão 2012

Vinte endereços para provar o Pastel Kyoto

A barraca venceu o concurso de Melhor Pastel de Feira de São Paulo organizado pela prefeitura

Por: Fernanda Bonadia - Atualizado em

Pastel Kyoto Vencedor 2012 Melhor pastel de feira de São Paulo
Equipe campeã: o salão no fundo da casa ficou pequeno para a produção dos pastéis | Crédito: Arquivo Pessoal

"Onde o paulistano quiser experimentar um pastel Kyoto, ele vai encontrar uma barraca nossa". Foi assim que o emocionado Roberto Matias, um dos sócios do empreendimento, atendeu VEJINHA.COM instantes depois de vencer o concurso de Melhor Pastel de Feira de São Paulo. Profissionais ligados à gastronomia foram os jurados e votaram nos quitutes com recheio de carne na última segunda (27), na Praça Charles Miller.

O segundo e terceiro lugares ficaram com Yoko Matoba e o Pastel Nakama, respectivamente. Este é o segundo ano que o Pastel Kyoto participa do concurso. O campeão possui barracas montadas em cerca de 20 feiras diferentes (confira todos os endereços abaixo), que ocorrem de terça a domingo, das 7h30 às 13h30. Com a vitória, Matias planeja "fechar São Paulo" com novos pontos na Zona Norte, única região da cidade em que ainda não está presente.

Pastel Kyoto Vencedor 2012 Melhor pastel de feira de São Paulo
Pastel Kyoto, sabor de campeão: barracas em vinte feiras e planos de ampliar a rede | Crédito: Divulgação

Há três anos, ele e o cunhado, Igor Lavezzo, voltaram de uma estadia de cinco anos no Japão e decidiram ampliar e aprimorar o negócio de pastel da família. Adotaram um nome e investiram no atendimento. Hoje, possuem cerca de 30 funcionários, entre contratados e temporários. Para tentar desvendar o segredo do campeão, conversamos com Lavezzo. Confira o bate-papo:

VEJA SÃO PAULO — Existe uma fórmula para o sucesso?

Igor Lavezzo — É a determinação e o trabalho de conquistar o cliente. Eu e o meu cunhado sempre nos preocupamos em conversar depois das feiras para nos colocarmos no lugar do público. Foi assim que concluímos, por exemplo, que seria bom ter uma máquina de cartão para maior conforto dos consumidores.

VEJA SÃO PAULO — Entre os 35 sabores que vendem, qual é o preferido do público?

Igor Lavezzo — O de carne, indiscutivelmente.

VEJA SÃO PAULO — E qual é o segredo da receita? Pode revelar?

Igor Lavezzo — Claro! O nosso diferencial é uma ousadia que usamos para o concurso e que vamos adotar como nossa marca registrada: o manjericão.

VEJA SÃO PAULO — E os planos após a vitória?

Igor Lavezzo — Pretendemos expandir nossos pontos nas feiras livres.

 

Onde encontrar o Pastel do Kyoto

Terça-feira: R. Monte Alegre — Perdizes (PUC); Av. Manoel dos Santos Braga — Limoeiro

Quarta-feira: R. Boaventura da Silva — Ponte Rasa; R. Maragojipe — Vila Formosa; R. Madre de Deus — Móoca

Quinta-feira: Av. Mata Machado — Vila Prudente; R. André Natale — Jardim Popular; R. Irmã Carolina — Belenzinho

Sexta-feira: R. Pereira do Lago — Vila Gomes; Al. dos Anapurus — Moema; Av. Patente — Jardim Patente; R. Antônio Camardo — Tatuapé

Sábado: Praça Charles Miller — Pacaembu; Av. Pde. Francisco de Toledo — Artur Alvim; Av. Carlos Oberhuber — Cidade Dutra; R. Eng. Reinaldo Cajado — Belenzinho

Domingo: R. Luís Antonio Martins — Butantã; R. Dr. Vicente Giacaglini — Vila Prudente; Av. Nova Independência — Cidade Monções; R. Tuiuti — Tatuapé

Fonte: VEJA SÃO PAULO