Restaurantes

Pasta d’Autori Cucina Originale serve boas massas

Rafael De Cara assume a cozinha da casa na Vila Olímpia

Por: Arnaldo Lorençato

Pasta D'Autori Cucina Originale - restaurantes 2241
Meia-lua recheada de pato ao molho de laranja (Foto: Fernando Moraes)

Embora a culinária fosse paixão antiga, Rafael De Cara demorou a assumir a cozinha de maneira profissional — tanto que se formou em economia e chegou a ser executivo de um grande parque de diversões. Como tantos outros chefs autodidatas, ele começou a preparar jantares para amigos. Logo depois, montou um bufê para pequenos eventos. No ano passado, decidiu abrir o misto de rotisseria e empório gourmet Pasta d’Autori Cucina Originale. Não tardou para a clientela pedir que ele servisse alguns pratos, e o ponto se transformou em restaurante.

+ Rex Food & Drink traz receitas modernas e bem executadas

+ Cantina Capuano é o restaurante mais antigo da cidade

Durante a semana, no almoço, o ristorantino tem um cardápio executivo (R$ 27,50) um pouco mais simples. As melhores opções ficam reservadas para o jantar, sábados e domingos. No bem cuidado couvert, aparece uma saborosa focaccia na companhia de sardela e caponata. As sugestões principais incluem massas como a ótima meia-lua de pato ao molho de laranja (recheada de carne da ave desfiada e cozida, regada por uma redução de suco da fruta salpicada de pimenta-rosa; R$ 36,00) e o ravióli de foie gras ao molho cremoso de abóboras aromatizado por especiarias R$ 49,50). Dos macarrões lisos, o pappardelle serve de guarnição ao brasato (carne bovina cozida ao vinho cabernet sauvignon; R$ 38,00). Outra receita atraente, o risoto de linguiça toscana combinado a cogumelos selvagens secos vem manchado por queijo mascarpone (R$ 39,00).

+ Dez restaurantes que servem massas frescas

Além de biscoito Champanhe, mascarpone e café, o tiramisu (R$ 12,00), um dos doces mais pedidos na sobremesa, leva gema e um toque de conhaque. A carta de vinhos reserva cerca de 100 rótulos, 70% deles produzidos na Itália. É o caso do siciliano Cusumano Nero d’Avola 2010 (R$ 59,00).

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO