Dia Mundial da Fotografia

Passeios fotográficos em São Paulo

Listamos quatro grupos que exploram a cidade em busca de bons cliques

Por: Leonam Bernardo - Atualizado em

Passeio fotográfico
Olha o passarinho: grupo do Foto Cine Clube Bandeirante em roteiro pelo centro (Foto: José Luiz Pedro)

Na próxima sexta (19) será comemorado o Dia Mundial da Fotografia. Para quem faz da prática um hobby e, claro, para profissionais, a data é um bom motivo para ir às ruas em busca de um beijo como o do casal imortalizado por Alfred Eisenstaedt, no fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, entre outros cliques pela cidade.

+ Mostras de fotografia em cartaz na cidade

+ Fachadas paulistanas: galeria com imagens enviadas por leitores

Listamos abaixo quatro grupos que realizam passeios fotográficos regularmente em São Paulo. Para fazer os registros, vale qualquer tipo de câmera, até de celular. A prática, além de permitir troca de experiências com outros fãs das lentes, é mais segura. “É sempre bom evitar locais desconhecidos, escuros e isolados”, alerta o Capitão Cleodato Moisés do Nascimento, porta-voz da Polícia Militar. “Um grupo grande de pessoas que andem sempre juntas inibe a ação de bandidos.”

Dia Mundial da Fotografia
O beijo registrado por Alfred Eisenstaedt: pose ou flagra? (Foto: Reprodução)

Passeio fotográfico do Foto Clube Bandeirantes

Os roteiros são organizados geralmente no último domingo do mês. Desde a garotada com 15 anos até senhoras com 85 participam. “Mas menores de idade só podem ir acompanhados pelos responsáveis”, diz José Luis Pedro, coordenador dos passeios. O próximo encontro acontece no Parque da Independência, dia 28. No mês seguinte, o destino muda para o Jardim Botânico, na Zona Norte. Para participar, basta se inscrever no site. É gratuito.

Jornada fotográfica São Paulo nas Alturas

Realizados mensalmente desde fevereiro de 1996, os roteiros fotográficos organizados pelo fotojornalista André Douek miram São Paulo do alto. O próximo encontro está marcado para o dia 28 de agosto. Das 9h às 12h, o grupo irá excursionar ao topo de três edifícios do centro da cidade: Palácio Anchieta, sede da Câmara Municipal, Galeria Olido e Edifício Martinelli, o primeiro arranha-céu da América do Sul. Depois do almoço, serão montados painéis com o trabalho feito pela manhã. O passeio é gratuito e a inscrição pode ser feita por e-mail ou pelo telefone 3105-2030.

Jornada fotográfica noturna

Douek também programou um passeio para o dia 22 de setembro, dessa vez sem precisar pegar o elevador. Os participantes farão uma jornada noturna no Parque da Independência. As inscrições estão abertas.

Saída fotográfica no Jardim Botânico

O Centro Cultural da Juventude programou para o dia 27 de agosto uma excursão ao Jardim Botânico. Quem quiser se juntar ao grupo deve fazer a inscrição por e-mail ou pelo telefone 3984-2466. Será cobrado apenas o valor de entrada no parque (3 reais, sendo que estudantes pagam 1 real). O passeio começa às 11h e a orientação técnica da turma na hora dos cliques será dada pelo fotógrafo Marcos Marini.

Fotografia de rua na Avenida Paulista

Ao ar livre, um curso prático é ministrado pelo fotógrafo Yuri Bittar. O próximo está marcado para o dia 4 de setembro e tem duração de seis horas. Custa 85 reais por pessoa e são apenas dez vagas. A aula trata de noções sobre o que fotografar e de como abordar pessoas e assuntos, entre outras técnicas. As inscrições devem ser feitas por e-mail.

Bittar, a cada dois meses, também organiza passeios fotográficos pela cidade. Já foram visitados lugares como o Parque do Ibirapuera, a Cinemateca e o centro de São Paulo. O próximo circuito acontece em outubro, ainda sem dia e local definidos. Nesses casos, a participação é gratuita e não é preciso inscrição. Basta ficar ligado no site do fotógrafo para saber quando os passeios acontecem.

Fonte: VEJA SÃO PAULO