Crianças

Três atrações para curtir a folga de quinta (1°)

Passeio pelo Catavento está na lista

Por: Bruna Ribeiro

Catavento Educacional e Cultural
Catavento Cultural: não deixe de conferir a nova exposição Ciência para uma Vida Melhor (Foto: Bruno Matos)

Um feriado no meio da semana pode ser bom para fazer aquele passeio em família que sempre fica para depois. Selecionamos três opções, com programação especial para o Dia do Trabalho nesta quinta (1°).

+ Roteiro completo de atrações infantis

No Aquário de São Paulo, por exemplo, além de ver de perto tubarões em um tanque de 1 milhão de litros de água salgada, aproveite para conhecer as sereias, que fazem aparições apenas no feriado.

Quem estiver de folga também pode dar uma volta no Catavento Cultural e Educacional. A novidade por lá é a exposição Ciência para uma Vida Melhor, que aborda as inovações dos últimos 150 anos por meio de microscópios, vídeos e jogos digitais.

Já a Biblioteca de São Paulo preparou oficinas temáticas para animar a garotada. Às 14h, haverá aula de artesanato com materiais recicláveis. A contação de histórias ocorre às 16h. Vale passar algum tempo folheando os títulos infantis e juvenis espalhados pelo primeiro andar.

Confira os endereços abaixo:

  • Parques

    Aquário de São Paulo

    Rua Huet Bacelar, 407, Ipiranga

    Tel: (11) 2273 5500

    28 avaliações

    Após uma expansão realizada em abril de 2015, o parque tem como grande atração um casal de ursos polares, vindos da Rússia. Aurora e Peregrino vivem em um recinto climatizado de 1500 metros quadrados. Também são novidades bichos provenientes de regiões como Austrália, África e Indonésia. São cangurus, equidnas, vombates e leões-marinhos. Há ainda lêmures, que ganharam fama com o personagem Rei Julien do filme Madagascar (2005), e suricatos, similares a Timão, do desenho O Rei Leão (1994). Um casal de coalas deve chegar em breve.

    + Conheça as novidades do Aquário de São Paulo

    O ala antiga ainda atrai atenções. Um tanque gigante de 1 milhão de litros de água salgada abriga diversas espécies aquáticas. Para observá-las, adultos e crianças ficam em um espaço que lembra um navio naufragado. Os peixes são vistos através de placas acrílicas quando se olha para a frente ou para o alto.

    Por ali circulam oito tubarões-lixa e o tubarão-mangona Pancho, que tem 1,80 metro de comprimento e pesa 100 quilos. Em outro setor estão mamíferos aquáticos a exemplo de lontras e o peixe-boi Tapajós, ameaçado de extinção e vindo da Amazônia. Por ali, a sensação é de uma visita à Amazônia. O público conhece também reproduções de lugares como a Patagônia, no pinguinário, cheio de aves originárias da região do sul da Argentina. O lago dos jacarés faz uma referência ao Pantanal.

    Saiba mais
  • Museus

    Catavento Cultural e Educacional

    Avenida Mercúrio, s/n, Brás

    Tel: (11) 3315 0051

    14 avaliações

    Entre os dezoito museus administrados pela Secretaria de Cultura do Estado, o Catavento Cultural e Educacional, no Brás, é o mais visitado da capital. As escolas costumam bater cartão no museu educativo Catavento, mas o passeio também fica legal em família. Primeiro ponto para aproveitar: acorde cedo no sábado, dia em que a entrada é grátis. Quem chega lá por volta das 11 horas consegue as senhas para as oficinas mais interessantes do dia. Entre as atividades mais procuradas estão a parede de escada de 7 metros de altura e o estúdio de TV. no espaço Vida, monitores simulam expedições de pesquisa no oceano e abordam a teoria da evolução, de Charles Darwin, de um jeito que entretém adultos e crianças.

    Saiba mais
  • Bibliotecas

    Biblioteca de São Paulo

    Avenida Cruzeiro Do Sul, 2630, Canindé

    Tel: (11) 2089 0800

    1 avaliação

    Basta atravessar a porta de entrada para mergulhar no mundo da literatura. O primeiro andar revela-se o mais bacana, por ser dedicado apenas a títulos infantis e juvenis. Crianças e adolescentes se esparramam pelos pufes e mesas coloridos. Basta fuçar pelas prateleiras para encontrar títulos de grandes autores, como Eva Furnari e Ilan Brenman, separados por faixa etária. Inaugurada em 2010, a biblioteca também dispõe de programação cultural. Para completar o passeio, vale dar uma volta pelo Parque da Juventude, que divide o terreno com a biblioteca.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO