Mistérios da Cidade

Parque Trianon, na Paulista, é palco de trekking didático

Passeio com duas horas de caminhada acontece semanalmente às quartas-feiras

Por: Maurício Xavier [com reportagem de Flora Monteiro e Nathalia Zaccaro]

Mistérios da Cidade 2250 trekking
Trekking no Trianon: estudantes contemplam a escultura "Fauno", de Victor Brecheret (Foto: Mario Rodrigues)

Duas horas de caminhada entre árvores seculares — como um jequitibá de 450 anos de idade — e obras de arte no meio da Avenida Paulista. Assim é o projeto de trilhas monitoradas pelo Parque Tenente Siqueira Campos, mais conhecido como Trianon, organizado pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente.

+ Roteiro temático: São Paulo para naturebas

+ Confira dicas de passeios na cidade

+ Corridas em regiões próximas à capital unem turismo e atividade física

Direcionado a estudantes e idosos, mas aberto ao público em geral, o passeio leva semanalmente, sempre às quartas-feiras, grupos de até trinta pessoas aos pontos mais interessantes do local. Como, por exemplo, o “Fauno”, escultura de Victor Brecheret. Ou a ponte que une as duas áreas do parque e passa por cima da Alameda Santos. No trajeto, os participantes deparam com espécies vegetais que ajudam a contar a história do estado e do país, caso do pau-brasil e do café. Durante o percurso, os monitores ressaltam a importância de conceitos ecológicos. Para garantir presença, é necessário enviar um e-mail para parquetrianon@prefeitura.sp.gov.br e aguardar a confirmação do encontro, que só é realizado com um número mínimo de dez participantes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO