Crise hídrica

Parque do Ibirapuera fica sem água nos bebedouros

Elevado consumo e a alta temperatura causaram racionamento na manhã de sábado (24); cerca de 300.000 pessoas frequentam a área verde nos fins de semana

Por: Veja São Paulo

Calor - Folhapress
Bebedouro disputado: adolescentem fazem fila para beber água no Parque do Ibirapuera (Foto: Gero/Folhapress)

Em um dos dias de movimentação mais intensa, o Parque do Ibirapuera teve de ficar com os bebedouros secos. O motivo para a escassez de água na manhã de sábado (24) foi a redução de pressão realizada pela Sabesp nos Jardins, região Central de São Paulo.

+ Confira o melhor da programação do Aniversário de São Paulo

Quem passou pela árae verde, chegou a ver torneiras e bebedouros sem funcionar, das 8h até o início desta tarde, quando o abastecimento voltou ao normal. Aproximadamente 300.000 visitantes passam pelo local nos fins de semana. A informação veio por meio da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, responsável por toda a área.

Calor - Futura Press - Folhapress
Caminhadas com parada estratégica nos jatos refrescantes do Parque Ibirapuera (Foto: Renato S.Cerqueira/Futura Press/Folhapress)

Por meio de nota, a Sabesp afirma que a redução de pressão no bairro, o Jardim América, tem início entre as 17h ou 18h e vai até as 5h ou 6h do dia seguinte. De acordo com a companhia, a falta de água no parque ocorreu devido o “elevado consumo e alta temperatura” e atingiu bebedouros e borrifadores, ligados diretamente à rede de fornecimento.

+ Fonte do Ibirapuera faz show de águas para comemorar aniversário de SP

No caso dos banheiros, supridos por meio de caixas d’agua, não houve nenhum problema, segundo o comunicado. Por volta das 14h, os reservatórios do Ibirapuera ainda estavam sendo reabastecidos e os bebedouros funcionavam normalmente. O local recebe neste fim de semana algumas das atividades que comemoram os 461 anos de São Paulo, celebrado neste domingo (25).

Fonte: VEJA SÃO PAULO