roteiro

10 dicas de passeios para se sentir em Paris

Atrações para curtir em São Paulo no clima da cidade francesa

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fomos atrás dos cantinhos da cidade que nos despertam lembranças da capital francesa. É um roteiro livremente inspirado (e criado) sem a intenção de reproduzir cenários por aqui, mas composto de locais com o clima charmoso de Paris ou que se aproximam do hábito de seus moradores.

 

A gastronomia, é claro, lidera a lista com bistrôs e bons lugares para comprar queijos, vinhos e comidinhas típicas, como macarons e pães. Além disso, escolhemos construções inspiradas na arquitetura francesa, a exemplo do Theatro Municipal e dos jardins do Museu do Ipiranga, e atrações culturais.

1. Os jardins do Museu do Ipiranga, desenhados pelo paisagista belga Arsenius Puttemans, foram inspirados na área verde ao redor do Palácio de Versalhes, localizado nos arredores de Paris. O estilo renascentista dá ares europeus ao local. Atenção: o passeio é permitido pelos jardins, mas o prédio está fechado para reforma.

2. Quando se fala em cinema francês vem logo à mente o Reserva Cultural, complexo de salas de rua administrado por Jean Thomas Bernardini. Muitas produções do país têm estreia exclusiva no local.

3. Nada mais francês do que lojas especializadas em queijos, um dos produtos mais adorados por lá. Por aqui elas também fazem sucesso, com um toque, no entanto, nacional. A Queijaria e Mestre Queijeiro são boa pedida.

4. Instalada no centro, na Rua Barão de Itapetininga, a Livraria Francesa, como o nome diz, prioriza os autores do país europeu. É possível encontrar exemplares infantis, romances e itens de história em quadrinhos.

5. É fácil encontrar doces e comidinhas francesas em São Paulo. Duas padarias valem a visita: a Pain de France e a Quartier du Pain. Fundada em 1862 em Paris, a filial paulistana da Ladurée tem os melhores macarons da cidade.

6. O diretor francês Alain Resnais é um herói por aqui. É certo que ele não deve saber o motivo, mas o fato de seu filme Medos Privados em Lugares Públicos ter ficado em cartaz por três anos no Caixa Belas Artes não pode ser ignorado. E o filme permanece na programação do cinema, reaberto no mês passado.

7. A marca de Provence L´Occitane abriu dois spas na cidade, um nos Jardins e outro na Vila Nova Conceição, que oferecem tratamentos como massagens e esfoliações.

8. Com influência da Ópera Garnier e arquitetura marcada por traços renascentistas barrocos do século XVII, o Theatro Municipal pode ser comparado aos grandes centros culturais europeus, tanto pela imponência quanto pela programação. Inspirado no Castelo de Écouen, na França, o Palácio Campos Elíseos já foi sede do governo estadual e hoje passa por um processo de revitalização.

9. Em cartaz no Masp, a exposição Passagens por Paris reúne 51 trabalhos de artistas relacionados de alguma forma com a capital francesa. Obras de Van Gogh, Cézanne e Matisse, entre outros pintores, estão em exibição.

10. A culinária francesa é celebrada em cada canto da cidade, principalmente nos bistrôs. Para sentir o gostinho de Paris boa sugestão é experimentar uma dessas casas: La Tartine, Le Vin ou o tradicional La Casserole.

Fonte: VEJA SÃO PAULO