Carta ao leitor

Para seduzir e emocionar

Edição especial VEJA SÃO PAULO LUXO é um cardápio quentíssimo e variado do mercado AAA

Por: Alecsandra Zapparoli - Atualizado em

Luxo - Carta ao leitor - colar Van Cleef & Arpels - 2244a
Peça da joalheria francesa Van Cleef & Arpels: em março na cidade (Foto: Divulgação)

Fica fácil preparar uma edição sobre qualquer tema quando temos, no jargão jornalístico, notícias quentes para contar. Os últimos meses foram especialmente pujantes para o mercado de luxo daqui e de fora. E ele promete. A Lamborghini, por exemplo, expõe neste mês nas vitrines paulistanas o Aventador, seu “caça” que atinge 100 quilômetros por hora em menos de três segundos. A Sephora, a principal multimarcas de cosméticos e perfumaria do mundo, também tem pressa e acelera forte. Anunciou a abertura de cinco endereços no país em 2012 — três deles na capital. Em março, a joalheria francesa Van Cleef & Arpels, conhecida por ser a preferida de personalidades do quilate da duquesa de Windsor, Marlene Dietrich e Liz Taylor, deve embasbacar as poderosas da cidade com peças como o colar que ilustra nossa capa. O ano também foi agitado para os empresários Carlos Jereissati Filho, Toninho Abdalla, Rogério Fasano e Fernanda Feitosa. Eles contam a história das canetas (de Bic a Tiffany & Co.) que usaram para selar contratos importantes em seus setores.

Os colaboradores de VEJA SÃO PAULO LUXO não economizaram na quilometragem. Foram à fazenda da Letônia que tira as ovas do esturjão sem causar sofrimento ao peixe para mostrar o que é um caviar sustentável, embarcaram no novo trem à la Orient Express que roda 600 quilômetros pelo norte da Espanha e visitaram a mina em Ouro Preto de onde sai o topázio imperal, a pedra brasileira da vez. Esse cardápio quentíssimo e variado foi elaborado pela editora Simone Esmanhotto e executado visualmente pelo designer Anderson Almeida. Eles, assim como eu, concordam com a frase da respeitada editora de moda do jornal “International Herald Tribune”, Suzy Menkes, que esteve na cidade na semana passada e nos concedeu entrevista. “Luxo é ter peças que emocionam”, disse. A nossa peça está aí. Borbulhante em 260 páginas. Agora é só se emocionar.

 

Alecsandra Zapparoli

Diretora de Redação

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO