Comidinhas

Quatro marcas dedicadas às papinhas orgânicas

Por: Gabrielli Menezes

Tangerine Petit - papinhas
Tangerine Petit: engatou no ramo em 2015 (Foto: Reprodução/Facebook)

Engana-se quem acha que os bebês de hoje em dia ficam só no arroz, feijão, batata cozida e carne sem tempero. A onda de gourmetização chegou até nas papinhas e conquista seu espaço no mercado gastronômico paulistano. A última novidade do setor é a Tangerine Petit, que engatou no ramo no ano passado. A marca investe em pequenas porções individuais de refeições completas em pedaços e batidas e também em bases para sopas e risotos (saiba mais detalhes abaixo).

+ Nove guloseimas feitas com Ovomaltine

Veja quatro casas da cidade que atuam na área:

Tangerine Petit

A marca que tem sede na Pompéia, vende também seus itens por e-commerce. Entre cinco opçõs de papinhas doces e oito salgadas, destacam-se a de banana, morango, laranja, quinoa e cardamomo (R$ 11,90) e a de feijião carioquinha, peixe, leite de coco e espinafre (R$ 15,90). Ambas são indicadas para bebês maiores de seis meses. Os saquinhos de bases para sopas e risotos levam leite vegetal e substituem os caldos industrializados com excesso de sódio. O caldo de carne sem sal e sem conservantes vêm em cubos congelados por R$ 15,90.

Empório da Papinhas

Empório da Papinha - Bebel
Babel: carne com legumes, arroz com espinafre e feijão preto (Foto: Divulgação)

Pioneira no setor, a Empório da Papinha abriu a sua primeira unidade na capital em 2009. A vida pessoal de Maria Fernanda Thomé de Rizzo foi a motivação para que ela investisse nesse nicho. "Eu estudava e trabalhava durante o dia e ainda precisava fazer o jantar da minha filha à noite", lembra. São 25 opções de papinhas para bebês (de R$ 9,00 a R$ 13,00) e 48 tipos de comidinhas para crianças a partir de 1 ano, como a chamada babel, que leva carne com legumes, arroz com espinafre e feijão preto pelo valor de R$ 20,90. Todas as refeições têm 250 gramas, já vêm com tempero e são nutricionalmente balanceadas. 

Gourmetizinho

Gourmetizinho
Gourmetizinho: acaba de lançar o biscoito de polvinho (Foto: Divulgação)

A Gourmetzinho, criada por Amilcar Azevedo, chef de cozinha do restaurante Nou, em Pinheiros. abriu as portas em 2014 na Vila Romana e já tem seu espaço num centro de luxo da cidade, o Shopping Cidade Jardim. Apesar de contar com papinhas e comidinhas, diferencia-se pelos snacks, como o biscoito de polvilho lançado no início de setembro. Sem conservantes e orgânicos, oferecem o pacotinho por R$ 3,50. Já as papinhas são divididas em três fases, conforme a idade dos bebês. Na fase três, indicada para crianças a partir de um ano, há o ragú de carne com polenta de quinoa (R$ 16,90). Para arrematar, a sobremesa de doce de abóbora com água de coco e damasco sai a R$ 9,50.

+ As melhores pizzas de massa fina

PapaBaba

Papababa
PapaBaba: loja no Itaim oferece opções gourmet para crianças (Foto: Francine Nagata)

Ao lado de badalados bares no Itaim Bibi, fica a única casa da PapaBaba. O lugar vende 44 produtos divididos por idade e tipo de alimento, como porco, peixe, frango, carne, frutas, etc. Os potinhos para os bebês não passam de R$ 22,00, preço do apelidado de peixe voador (filé de saint-peter com espaguete integral), um dos mais caros da lista. O diferencial da marca, no entanto, é chamado tamanho família, onde acrescenta-se 130 gramas para que a comidinha seja compartilhada. O molho de tomate, por exemplo, custa R$ 25,00 e é livre de glúten e lactose.

Fonte: VEJA SÃO PAULO