Polícia

Pais de Victor Hugo Santos pedem exumação do corpo do jovem

Família diz não acreditar em laudo pericial que aponta como causa da morte afogamento após uso de droga semelhante ao LSD

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Os pais do estudante Victor Hugo Santos, que foi encontrado morto na raia olímpica da USP em setembro, vão pedir à Justiça que o corpo do jovem seja exumado. Em nota divulgada nesta quinta-feira (6), a família afirma que a medida pode esclarecer informações que não foram citadas nem investigadas pela polícia. O advogado Ademar Gomes também entrou com pedido para que o sigilo das investigações seja revogado.

+ "Meu filho não era um viciado", diz pai de Victor Hugo Santos

Victor Hugo Santos, de 20 anos, foi encontrado morto no dia 23 de setembro após ficar desaparecido por três dias. No dia 19 de setembro, participou da festa de aniversário do Grêmio Politécnico, no velódromo da USP, no Butantã, Zona Oeste. Em depoimento, amigos do rapaz disseram que ele saiu para buscar uma cerveja e não apareceu mais.

+ Laudo afirma que estudante usou droga e se afogou na raia da USP

Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) revelou que o jovem morreu afogado após consumir 25B-NBOMe, uma droga semelhante ao LSD. Em coletiva de imprensa quando o documento foi divulgado, o advogado da familia afirmou que a conclusão era ineficaz porque descartava o consumo de bebidas alcoólicas e não dava explicações sobre os hematomas encontrados no corpo: "Não é conclusivo e não esclarece a verdade".

+ Confira as últimas notícias

Os parentes negam que o jovem fosse usuário de drogas. "Ele não era um viciado", disse o pai, José Marques Santos. Para a mãe, o filho era maduro o suficiente para saber o que estava fazendo. "Se tomou isso, meu filho não sabia que ia morrer", afirmou Vilma Costa e Santos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO