Criminalidade

Pai é suspeito de ter matado mulher encontrada em mala na Zona Leste

Ele seria traficante e teria estrangulado Hellen Cristina Pereira, de 28 anos, com um fio elétrico porque ela não queria deixar a casa onde morava com uma amante

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM

mala cidade tiradentes
Corpo estava dentro de uma mala com ferimentos no pescoço (Foto: Reprodução/TV Globo)

Os policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) acreditam que a atendente Hellen Cristina Rodrigues Pereira de Castro, de 28 anos, – encontrada morta dentro de uma mala no dia 13 de abril em um terreno baldio de Fazenda do Carmo, na Zona Leste de São Paulo – foi estrangulada pelo próprio pai, que seria traficante e estaria foragido.

+ Polícia identifica mulher encontrada dentro de mala na Zona Leste

Hellen estava amarrada com fios e cabos elétricos no pescoço. Esse material foi encontrado na casa onde a atendente morava com o pai e sua amante. No imóvel também foram achadas partes do mesmo saco preto que envolvia o corpo. Havia ainda um carro e duas bombas de água roubadas, além de maconha e cocaína.

De acordo com a polícia, o traficante estaria forçando a filha a deixar a residência. A negativa dela em se mudar do imóvel teria motivado o crime.

Fonte: VEJA SÃO PAULO