Praia Grande

Paciente morde orelha de guarda, rouba arma e atira dentro de PS

Uma funcionária ficou ferida; homem foi levado para a unidade de saúde após ingerir grande quantidade de remédios

Por: VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Um paciente causou um grande tumulto no pronto-socorro do Quietude, em Praia Grande, litoral paulista, nessa segunda-feira (25). Nervoso, o homem agrediu as enfermeiras, mordeu a orelha de um guarda municipal, pegou a arma do funcionário e efetuou um disparo. A bala feriu uma pessoa, mas sem gravidade.

+ Pacientes são retirados de PS por causa de fogo em carros

Tudo começou quando o paciente foi encaminhado para a unidade de saúde após ingerir uma grande quantidade de remédios. Segundo a prefeitura da cidade, ele começou um tumulto quando as enfermeiras faziam o atendimento.

+ Sobe número de homicídios em São Paulo

Para controlar a situação, os seguranças foram chamados. Durante a confusão, o homem mordeu a orelha de um guarda municipal - arrancando um pedaço - sacou a arma do funcionário e atirou.

+ Confira as últimas notícias da cidade

Uma funcionária da administração da unidade de saúde ficou ferida no pé. Ela foi medicada e passa bem. O guarda municipal segue internado, segundo a prefeitura. Já o paciente foi levado para a delegacia-sede. Ele foi detido e responderá por tentativa de homicídio e lesão corporal.

Fonte: VEJA SÃO PAULO