Restaurantes

Ritto, da pizza ao menu italiano

Endereço de bons discos de massa média, o estabelecimento abre um ristorantino na adega

Por: Arnaldo Lorençato e Helena Galante

Osteria Ritto - 2215
Tortelloni de coelho em molho com pedaços da carne: R$ 37,30 (Foto: Fernando Moraes)

O restaurateur Luiz Massella abriu a pizzaria Ritto doze anos atrás. Com o passar do tempo, o endereço se tornou um dos melhores de sua especialidade em São Paulo. Além dos bons discos de massa média, a casa foi uma das pioneiras a investir na combinação pizza e vinho — seu diferencial era uma adega para 1.200 garrafas. Em maio de 2010, Massella e seus sócios deram início a uma reforma para transformar esse pequeno espaço na charmosa Osteria Ritto. Para montar o menu sob sua orientação, ele convidou o consultor italiano Alessandro Bartolomei, que trabalhou junto de Carolina Corazza, a chef do ristorantino inaugurado no mês passado

+ Mais sobre gastronomia no blog do Arnaldo Lorençato

Equilibrados, os resultados surpreendem desde o couvert, que reúne pães de fabricação própria. Mas vale comedimento nesta parte da refeição. Há uma seleção de entradas apetitosas, como a flor de abóbora recheada de ricota ao aroma de limão-siciliano e ervas e o trio de arancini (bolinhos de risoto recheados de ragus de coelho, pato e rabo). Cada uma dessas sugestões custa R$ 10,50. Entre os pratos principais, estão massas feitas com esmero. São exemplos o tortelloni de coelho ao molho enriquecido por pedaços da carne (R$ 37,30) e o ravióli de ragu de pato ao molho de laranja e alecrim (R$ 39,80). Também agrada o spezzatino (R$ 59,25), um cozido de javali no vinho tinto guarnecido de polenta grelhada.

Das sobremesas, o tiramisu (R$ 18,30) peca pelo excesso de açúcar. Prefira a gelatina de vinho doce late harvest combinada a frutas variadas (R$ 17,90). Bem organizada, a carta de vinhos tem rótulos como o siciliano Feudi del Pisciotto Baglio del Sole Nero d’Avola 2006 (R$ 74,00). No domingo (8), prepara um cardápio com entrada e prato principal por R$ 45,40. Depois de saborear a flor de abóbora, escolhe-se o molho para cobrir o espaguete fresco: carbonara, vegetariano ou caccio e peppe (queijo pecorino e pimenta-do-reino). A sobremesa, uma torta de geleia de frutas, mais uma taça de prosecco são oferecidas de cortesia para as mães.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO