Música erudita

Orquestra Sinfônica do Estado anuncia sua temporada 2014

Formação, que completará 60 anos, divulga programação de concertos espalhada por 37 semanas

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Marin Alsop e Orquestra Sinfônica do Estado
A maestrina americana Marin Alsop, diretora musical da Osesp (Foto: Alessandra Fratus)

Foi divulgada nesta segunda (30) a programação de concertos da Orquestra Sinfônica do Estado para 2014, ano em que completa 60 anos. A temporada tem início oficialmente em 13 de março, embora para o começo de fevereiro estejam marcadas algumas récitas a preços populares. No total, são 79 programas espalhados por 37 semanas, entre música sinfônica, de câmara, recitais e coro.

A orquestra continua com as nomenclaturas designadas na gestão do diretor artístico Arthur Nestrovski. São elas a do compositor transversal, ou seja, tocado ao longo do ano por diversas formações diferentes (será o americano Leonard Bernstein), a do compositor visitante (o escocês James MacMillan) e a do músico em residência (o pianista francês Jean- Efflam Bavouzet). Terá continuidade o ciclo de sinfonias do finlandês Jean Sibelius. Outro autor presente com várias composições é Heitor Villa-Lobos.

Diretora musical da Osesp, a maestrina americana Marin Alsop regerá um conjunto de obras expressivas, caso das duas sinfonias mais famosas de Beethoven (a Quinta e a Nona), da imensa Terceira Sinfonia, de Mahler, e de uma versão concerto (sem cenário e figurinos) para a opereta Candide, de Bernstein. Outro destaque envolvendo Marin é a estreia sul-americana do Concerto para Saxofone, de John Adams. Cinco compositores brasileiros terão peças estreadas pela formação.

Entre os maestros convidados, destaque para o veterano Stanislaw Skrowaczewski, nascido há 90 anos na Polônia, em uma cidade hoje pertencente à Ucrânia. Ele lidera a orquestra em um compositor que é uma especialidade sua, o austríaco Anton Bruckner. A lista de regentes inclui figuras conhecidas do público paulistano, a exemplo de Frank Shipway, Giancarlo Guerrero e Yan Pascal Tortelier.

A seleção de solistas traz alguns nomes empolgantes. Caso do pianista americano Jeremy Denk, que, além de solar em um concerto de Mozart, vai tocar em recital-solo a experimental e raramente ouvida Sonata Concord, de Charles Ives. Sobressaem também o flautista Emmanuel Pahud (da Filarmônica de Berlim), os violinistas Christian Tetzlaff e Isabelle Faust, e a contralto Nathalie Stutzmann, além dos brasileiros conceituados no exterior Nelson Freire, Antonio Meneses e Paulo Szot. Ao lado de Freire, aliás, serão gravados dois discos para a prestigiosa gravadora Decca.

Confira mais detalhes sobre a temporada 2014 da Osesp no site oficial da orquestra.

Assinaturas

O período para renovação ou troca de assinaturas vai de 28 de outubro a 18 de novembro. Quem quiser se tornar assinante terá a chance de 3 a 20 de dezembro, com valor promocional, e de 21 de dezembro a 17 de janeiro de 2014, com valor integral. Os preços variam de acordo com a quantidade e o tipo de concertos (sinfônicos, câmara, coral), e também com o setor da Sala São Paulo, mas vão de R$ 128,00 a R$ 1432,00.

Fonte: VEJA SÃO PAULO