Passeios

Os melhores programas do fim de semana

De sexta (27) a domingo (29), movimentam a cidade eventos como os festivais Brahma Valley e Sónar, o espetáculo "Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos" e a Churrascada

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Este será um fim de semana de números superlativos. Na primeira edição do Brahma Valley, marcado para sábado (28) e domingo (29), o festival terá doze horas de música por dia, mais de quarenta atrações e 500 metros quadrados de telões de LED.

Brahma Valley
A cantora americana Colbie Caillat: famosa pelos hits Bubbly e Realize, atração do Brahma Valley (Foto: Divulgação)

+ Presentes que não parecem que foram comprados na 25 de Março

A proposta é realizar o encontro de nomes tradicionais com outros mais jovens da música sertaneja e também com representantes de outros gêneros.

Brahma Valley
Do Tocantins: os irmãos Henrique & Juliano se apresentam no Brahma Valley (Foto: Divulgação)

+ As decorações natalinas dos shoppings da cidade

Focado no estilo eletrônico, o Sónar tem como atração principal do sábado (28) o The Chemical Brothers, importante nome na cena eletrônica da década de 90.

Sónar
Veteranos do eletrônico: duo The Chemical Brothers (Foto: Divulgação)

+ Opções saudáveis das praças de alimentação

Para quem quer comer bem (e bastante), a dica é o festival carnívoro Churrascada.

Churrascada
Churrascada: ingresso dá direito as carnes e cervejas à vontade (Foto: Rodrigo Dionisio)

Confira outras boas atrações:

  • Os números da primeira edição do Brahma Valley são superlativos. Marcado para sábado (28) e domingo (29), o festival terá doze horas de música por dia, mais de quarenta atrações e 500 metros quadrados de telões de LED. A proposta é realizar o encontro de nomes tradicionais com outros mais jovens da música sertaneja e também com representantes de outros gêneros. No sábado (28/11), chama atenção a presença do cantor americano Phillip Phillips, que participou do American Idol. Marcos & Belutti, MC Guimê, Anitta e Thaeme & Thiago também foram escalados. No domingo (29/11/2015), a cantora americana Colbie Caillat, que se projetou com o hit-chiclete Bubbly, encabeça a programação. Também se apresentam: Chitãozinho & Xororó, Henrique & Juliano, Michel Teló, Mr. Catra e Jorge Ben Jor. Com o cupom de VEJA SÃO PAULO, o ingresso fica 20% mais barato.
    Saiba mais
  • Consagração do estilo irreverente do cineasta espanhol Pedro Almodóvar, o filme de 1988 fez meio mundo gargalhar e, em 2010, rendeu uma adaptação teatral na Broadway. O musical, criado por Jeffrey Lane e David Yazbek, origina, agora, uma versão brasileira dirigida por Miguel Falabella — nas devidas proporções, um quase parente de Almodóvar. Os dois têm uma nítida preferência pela temática feminina e, mesmo quando se apoiam na caricatura, dosam sensibilidade e um impagável tom crítico. Fielmente retratada no palco, a trama apresenta três mulheres envolvidas em um clima tragicômico por causa de suas confusões amorosas. Abandonada pelo amante, a atriz Pepa (Marisa Orth) descobre que está grávida, enquanto Candela (Helga Nemeczyk), sua melhor amiga, se apaixona por um terrorista. Mulher do amante de Pepa, Lúcia (papel de Totia Meireles) perdeu a lucidez e resolve se vingar do ex nos tribunais. Falabella criou uma encenação que alivia o escracho e investe em um clima folhetinesco. Escolha acertada, Marisa foge do óbvio ao transformar Pepa em uma heroína romântica e abre espaço para Totia explorar a veia cômica. Se há um excesso de números musicais, a cenografia, idealizada por J.C. Serroni, ajuda no ritmo da montagem. O time masculino conta com Juan Alba, Daniel Torres e Ivan Parente, entre outros. De 14/11/2015. Até 20/2/2016.
    Saiba mais
  • Estilos variados

    Sónar
    Sem avaliação
    Em sua última edição por aqui, em 2012, o festival Catalão reuniu 30 000 pessoas no Anhembi para ver Kraftwerk e Cee Lo Green. No ano seguinte, porém, foi cancelado por questões financeiras. De volta a São Paulo, a promessa agora é que ele fique de vez — com crise ou sem crise. Em versão mais enxuta, a programação deve atrair os apaixonados por sons experimentais, saudosistas e hipsters. A atração principal no sábado (28) é o The Chemical Brothers, importante nome na cena eletrônica da década de 90. Em julho, após um período de cinco anos sem lançamentos, a dupla soltou o oitavo disco de estúdio, Born in the Echoes, que deve pôr o público para dançar. A festa também convocou o novo queridinho do hip-hop, Evian Christ, e os ingleses do Hot Chip, que estão com um trabalho fresco na praça, Why Make Sense?. O DJ e produtor francês Brodinski, a DJ chilena Valesuchi e o brasileiro Zopelar completam o line-up.
    Saiba mais
  • Terror / Aventura

    Victor Frankenstein
    VejaSP
    Sem avaliação
    Há um ponto de partida diferenciado em Victor Frankenstein que o distancia do livro escrito, em 1818, por Mary Shelley (1797-1851). A perspectiva aqui é a do assistente do cientista, um corcunda de circo, interpretado por Daniel Radcliffe. Em Londres, o intrépido Victor Frankenstein (James McAvoy) enxerga habilidades médicas na “criatura” circense e, como um herói, o resgata de patrões tiranos. A retirada de um edema nas costas, um banho demorado e roupas limpas dão ao rapaz uma imagem de normalidade e um novo nome, Igor. Assim, o doutor e seu ajudante passam a fazer experiências macabras. A primeira delas consiste em reunir pedaços de animais mortos para dar vida a algo, no mínimo, monstruoso. Frankenstein, porém, não está livre de punição e é vigiado pelo inspetor policial Turpin (Andrew Scott). O jovem roteirista Max Landis, de 30 anos, também escreveu a trama de American Ultra, outra estreia da semana. Embora ele acrescente ao enredo Igor, um personagem interessante e inexistente no romance da escritora, as soluções encontradas caem na mesmice. Outra falha está na concepção visual do monstro (sim, ele surge nos minutos finais), que mais parece um boneco de cera raivoso. Estreou em 26/11/2015.
    Saiba mais
  • São deliciosas as tardes de shows que são realizadas aos domingos no Manioca. Intitulado Sol Sunday Sessions, o projeto une música brasileira e gastronomia. No domingo (29/11), a última edição que ocorre em 2015 tem a música aos cuidados da cantora Tulipa Ruiz, que mostra faixas do álbum Dancê (2015), entre elas a ótima Proporcional. Outra atração é o cantor Tatá Aeroplano, além do DJ Ronaldo Evangelista. As comidinhas ficam por conta da estrelada chef Helena Rizzo, que assina o cardápio.
    Saiba mais
  • Olhe rapidamente as imagens das obras. Parecem que são pinturas relativamente simples, certo? Na verdade, a obra é uma gravura — resultado de um processo dos mais trabalhosos. Cada uma das camadas de figuras geométricas foi talhada centímetro por centímetro em uma chapa de cobre. Depois, a matriz acabou sendo coberta com tinta de cores e viscosidades diferentes para não se misturar. Por fim, quando impresso no papel, o desenho ganhou textura e alto-relevo. O autor desse processo é Arthur Luiz Piza, que exibe 137 de suas gravuras na Estação Pinacoteca. O mestre paulistano, que vive em Paris desde 1953, transformou as gravuras 2D em imagens 3D. Elas provocam uma vontade irracional de tocá-las (não deixe, porém, que ela tome conta de você). As peças escolhidas pelo curador Carlos Martins estavam entre as 360 doadas pelo artista à instituição. Hoje com 87 anos e em plena atividade artística, o próprio criador dos trabalhos se sentiu pego de surpresa pelo resultado final da montagem. O intuito era traçar o caminho dos últimos sessenta anos de Piza dedicados ao suporte (sua carreira inclui também colagens, pinturas e esculturas). Gaste mais tempo na segunda sala e preste atenção em detalhes como o plano de fundo dos desenhos e os tipos de papel utilizados.De 7/11/2015. Até 14/2/2016.
    Saiba mais
  • É um festival gastronômico com jeitão de balada. Cortes especiais de carne e cervejas serão servidos à vontade na 2ª edição do evento, que ocupará um terreno de 10 000 metros quadrados no Morumbi, no dia 28 de novembro. Além dos chefs e organizadores Rogério Betti e Gustavo Bottino, marcarão presença o chef-apresentador Carlos Bertolazzi, Jimmy Mc Manis e os ex-masterchefs Raul Lemos e Marcos Baldassari. A boa notícia? O primeiro lote de ingressos já está à venda, no site www.semhora.com.br, por 250 reais. Em tempo: garanta sua entrada para o evento o quanto antes. Com a virada de lotes, o valor pode subir cerca de 100 reais. Endereço: Avenida Roque Petroni Junior, 576
    Saiba mais
  • Estilos variados

    Gambiarra
    3 avaliações
    A festança continua arrastando um público descolado, artistas e universitários moderninhos para cair na noite. Com o clima “sem medo de ser feliz”, a proposta é dançar até o amanhecer nas três pistas do espaço, com trilhas sonoras variadas, da bagaceira ao eletrônico. Para celebrar os oito anos de existência, a folia é especial e convoca a apresentadora Luciana Gimenez para discotecar. A noitada continua com o show da Batida Nacional, banda formada por Lan Lan, Nanda Costa e DJ Deeplick, e com os DJs residentes, Miro Rizzo, Evelyn Cristina e Fabio Ock. Dia 11/3/2016.
    Saiba mais
  • Sob a batuta de Lee Mills, o conjunto se apresenta com o intuito de explorar a sonoridade dos instrumentos de cordas. Na ocasião, executa Grand Écart, ou Grande Estiramento, do compositor brasileiro Flo Menezes. Na sequência, a Orquestra de Câmara da Osesp toca a Sinfonia para Cordas Quinteto em Fá Maior, WAB 112, de Anton Bruckner, com orquestração de Meirion Bowen. Dia 29/12/2015.
    Saiba mais
  • Bom e barato / Bar-restaurante

    Lambe-Lambe

    Rua Aracaju, 239, Higienópolis

    Tel: (11) 3473 9782

    VejaSP
    2 avaliações

    Não leve a mal. Pode ser que, em sua visita, algum dos petiscos tenha sido cortado do menu. Essa é a ordem do chef e sócio Diogo Silveira (também do italiano MoDi) por causa do vaivém do preço da matéria-prima.“A gente vai lá e cria outro prato”, resolve, simples assim. Por uma apetitosa porção de linguiça da casa com palmito pupunha, por exemplo, pagam-se só R$ 19,00. E, se é verdade que é preciso pedir um empréstimo para comer frutos do mar em São Paulo, uma boa notícia: a frigideira de camarão ao alho sai a R$ 19,00 e a de polvo, a R$ 23,00. O segredo? Roni Spitaletti, sócio que viveu duas décadas no Guarujá, tem uma pequena linha de fornecedores que trazem os produtos direto do litoral, sem intermediários. Enfim, não há desculpa financeira para deixar passar a caipirinha de três limões (R$ 18,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO