Cidade

Organizadores do "Fora Temer" dizem ter reunido 100 000 pessoas

Ato contra a posse do peemedebista pediu novas eleições e teve presença de políticos

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Manifestacao
Ato teve concentração em frente ao Masp: bandeiras de sindicatos (Foto: João Batista Jr.)

A manifestação contrária ao governo de Michel Temer neste domingo (4) reuniu 100 000 pessoas na Avenida Paulista, segundo os organizadores. A polícia ainda não divulgou os dados oficiais do evento, que começou sua concentração às 15h em frente ao Masp. O público começou a andar sentido Largo da Batata às 17h30. Saiba o que rolou:

Luiza Erundina
Luiza Erundina e Ivan Valente, ambos do Psol: Nabil Bonduki e Eduardo Suplicy foram outros políticos que aparecem em ato (Foto: Rudah Poran)

- Alguns políticos de esquerda apareceram no evento realizado semanas antes das eleições. Luiza Erundina e Eduardo Suplicy foram bastate aplaudidos. Ela não subiu no carro de som da CUT, ficou no chão. Já Suplicy subiu - e tomou um fora. Não foi autorizado a discursar, embora o público gritasse seu nome.

- Vereador petista que tenta reeleição Nabil Bonduky, fotografava com eleitores e amigos, entre eles o apresentador esportivo José Trajano. Uma das bandeiras dele é o Parque Augusta.

- Saíram as camisetas amarelas, entearam as vermelhas, pretas e brancas.

 - O clima era de confraternização. Havia inúmeros ambulantes vendendo espetinho, pipoca e cerveja. Uma Heineken long neck custava 5 reais.

- O público pede eleições para um novo governo. Além do já tradicional "Fora temer", "Diretas já" é a palavra de ordem mais falada.

- Na hora em que Guilherme Boulos discursava, o público gritou para os integrantes da CUT que seguravam bandeira - impedindo a visão de muitos. Com exceção dos sindicatos, há pouca presença institucional de partidos e uma ou outra bandeira do PT.

caixao-temer
Funeral fictício foi realizado no Largo da Batata (Foto: Rudah Poran)

- No Largo da Batata, um grupo de manifestantes fez um enterro simbólico de um boneco com o rosto de Michel Temer em um caixão.

- Por volta das 21 horas, no Largo da Batata, a Tropa de Choque lançou bombas e esguichos d'água na dispersão do protesto, que seguia pacífico e já havia sido oficialmente encerrado pelos organizadores.

manifestacao 2
Manifestantes seguem sentido Largo da Batata: organizadores estimam reunido 50 000 pessoas na Avenida Paulista (Foto: Rudah Poran)

Fonte: VEJA SÃO PAULO