Exercício

Onde praticar rúgbi em São Paulo

Esporte aos poucos ganha adeptos no Brasil. Nossa seleção pode disputar o Mundial de 2015

Por: Pedro Katchborian - Atualizado em

Rúgbi - SPAC
Rúgbi: esporte tem cada vez mais adeptos em São Paulo (Foto: Dani Mayer)

A cidade está cheia de quadras, campos e ginásios destinados à prática do esporte mais popular do país: o futebol. Mas como por aqui há opções para agradar a quase todos os gostos, descobrimos diversos outros locais em que é possível se aventurar em modalidades diferentes, como o rúgbi.

Bastante difundida em países como Nova Zelândia e Portugal, a modalidade tem crescido no Brasil. O jogo consiste em conquistar o território do campo adversário, como no futebol americano, mas com outras regras. De modo geral, no rúgbi é possível marcar pontos de duas formas: fazendo um "try" - quando o jogador chega ao final do campo adversário com a bola oval nas mãos - ou acertando a bola na trave em forma de H. Um detalhe importante é que o atleta só pode passar a bola com as mãos para quem estiver atrás dele, mas pode chutar para frente.

+ Veja também onde praticar parkour na capital

Na capital, não faltam pubs que transmitem as partidas mais importantes que ocorrem mundo afora. E a seleção brasileira de rúgbi (sim, temos um time nacional) disputa as eliminatórias da Copa do Mundo de 2015. No dia 27, a equipe derrotou o Paraguai por 34 a 22 pontos e agora vai jogar contra o Chile e contra a Argentina. As datas das próximas partidas não foram definidas. Se vencermos, ainda teremos que enfrentar um time da repescagem da América do Norte para garantir uma vaga na principal competição do esporte.

Uma das seleções favoritas (e temidas) é a da Nova Zelândia. Apelidada de Allblacks em razão do uniforme preto, a equipe tem uma tradição: antes de seus jogos, faz uma dança para intimidar o adversário - o haka - ritmo dos guerreiros maori. Assista a um trecho do "grito de guerra" neozelandês:

O time brasileiro também tem uma peculiaridade. Ao contrário dos jogadores da equipe nacional de futebol, a seleção de rugby adota uma postura mais agressiva na hora de cantar nosso hino. Confira:

Se ficou com vontade de entrar nesse jogo, veja endereços para praticar rúgbi:

Bandeirantes Rugby Clube

Fundado em 1983, o clube é Tetra-campeão Brasileiro na modalidade e um dos mais tradicionais do país. O Bandeirantes tem categorias para crianças e adultos. Os dois primeiros jogos são gratuitos para teste – depois é cobrada uma mensalidade de R$ 125,00, com fisioterapeuta incluso. Para começar a praticar, é só entrar em contato e comparecer a um treino.

Endereço: Avenida Doutor Dante Pazzanese, 421

Telefone: (11) 5081-6898

Pasteur Athlétique Club

Desde 1981 na ativa, o Pasteur Athlétique Club também tem diferentes categorias de treinos. Com quase 300 atletas desde os 7 anos até veteranos, o clube é livre para treinos. Para começar em uma das categorias – adultos (feminino e masculino) e outras três para menores de idade –, o aluno deve comparecer ao treino. O clube tem mensalidade de R$ 80,00 para a categoria adulta e R$50 para as juvenis.

Endereço: Rua Mairinque, 256, Vila Mariana (treino infantil)

Rua Armando Barreto de Barros, 101, Vila Sônia

Telefone: (11) 7104-8600

Spac

Mais antigo clube de rugby de São Paulo, o Spac foi formado em 1888 por Charles Miller, pai do futebol no Brasil. Vice-campeão brasileiro de 2012, o clube conta com diferentes categorias para a prática de rugby: kids, infantil, juvenil e adulto, nas categorias feminino e masculino. A mensalidade para o treino juvenil é de R$ 110,00 e para o adulto, R$ 220,00. Também há a opção do plano familiar – um casal e um filho de até 18 anos – sai por R$ 275,00. Com uma estrutura de clube, o associado terá acesso a vestiário, campo de grama oficial, churrasqueira, restaurante, bar, quadra de squash, tênis, estacionamento, quadra de badminton, playground, piscina, estrutura de salão de jogos e academia.

Endereço: Av. Atlântica, 1448

Telefone: (11) 99121 9968

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO