Roteiro

Oito lugares para curar a ressaca do Carnaval

Sucos, smoothies e saladas compõem uma lista de endereços para se recuperar dos excessos da folia

Por: Sophia Braun e Victória Kennedy - Atualizado em

Julice Boulangère - smoothie
Julice Boulangère: smoothie de banana com mirtilo e iogurte (Foto: Divulgação)

Quatro dias de folia, abusando de comida boa e muitas bebidinhas, tendem a sobrecarregar o organismo de qualquer um. De volta à rotina, é hora de cuidar dos efeitos causados pelos excessos do feriadão.

Abaixo, oito estabelecimentos que propõem sugestões leves e refrescantes para enfrentar a ressaca:

Cozinha das Duas: em ambiente pequenino e charmoso, oferece diversas opções de sucos à base de frutas naturais (R$ 7,80) para acompanhar os sanduíches e pratos principais. São exemplos goiaba com alecrim e mel, maçã mais pepino e hortelã e manga ao maracujá e gengibre.

Desfrutti: com diversas unidades espalhadas pela cidade, aposta em pedidas com quê natureba, caso dos sanduíches, wraps, crepes e saladas. Entre os sucos ditos terapêuticos (R$ 7,90), o antioxidante mistura água de coco e blueberry. O creme de açaí pode surgir na tigela (R$ 9,90 o pequeno) ou no copo (R$ 6,90).

Julice Boulangère: novidade no cardápio, os smoothies aparecem em versões criativas. Entre as opções batidas com iogurte, estão o de banana com mirtilo (R$ 14,70), o de manga mais coco (R$ 15,50) e o de frutas vermelhas (R$ 16,70). Se a base for sorvete de creme, uma das sugestões leva café e gianduia (R$ 12,50).

Maria Louca Casa de Pães: a superpadaria do Ipiranga faz suco de melancia com água de coco e uma receita inusitada que combina couve, abacaxi, laranja e hortelã. Se a sede for grande, troque o copo (R$ 6,10) pela jarra de 600 mililitros (R$ 18,10).

Oh!melete é especializada apenas em omeletes
Oh!Melete: receitas preparadas com ovos orgânicos (Foto: Fernando Moraes)

Oh!Melete: inovou a onda de cardápios temáticos ao especializar-se em omeletes. Sãodezenove receitas preparadas com ovos orgânicos, entre elas a de shiitake, queijo de cabra e cebolinha (R$ 21,00). O almoço executivo dá direito a uma omelete mais simples, dois acompanhamentos e um suco (R$ 24,00).

Diaita: elabora saborosas receitas de pão sem glúten nem leite, vendidas também na Casa Santa Luzia, nos Jardins. Para provar lá mesmo, o hambúrguer vegetariano de palmito, quinoa e semente de chia vem coberto por patê de tofu, mostarda em grãos, cenoura e alface no pão de grão-de-bico (R$ 6,80). 

Saladerie: está voltada a um nicho ainda mal explorado na cidade: o das saladas. A opção edith piaf (R$ 35,70) leva folhas verdes, mandioquinha grelhada, cebolas pequenas carameladas em suco de laranja, cogumelo-de-paris, shiitake e shimeji mais camarões pequenos salteados no alho.

Tea Kettle: toque o sino para entrar e seja transportado para uma nostálgica casa de fazenda. Se o dia for ensolarado, escolha uma mesa no jardim para provar um dos mais de 150 blends, entre eles chá-verde japonês com arroz tostado e a versão preta aromatizada por pistache e amêndoa.

Fonte: VEJA SÃO PAULO