Copa

Ocupação 'Copa do Povo' já reúne 2 000 famílias em Itaquera

Sem-teto invadiram um terreno de 150 000 metros quadrados ao lado do Parque do Carmo, a 5 quilômetros da Arena Corinthians

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

Copa do Povo
Local foi nomeado de "Copa do Povo" (Foto: Reprodução/Facebook MTST)

Uma nova ocupação surgiu em São Paulo neste fim de semana, desta vez na Zona Leste da cidade. Na Rua Malmequer do Campo, ao lado do Parque do Carmo, cerca de 2 000 famílias montaram barracos em um terreno de 150 000 metros quadrados abandonado há trinta anos. A nova favela foi nomeada "Copa do Povo" e fica a cerca de 5 quilômetros de distância da Arena Corinthians, o Itaquerão. 

+ As principais propostas do Plano Diretor

A ocupação foi coordenada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST). Os moradores vieram de outras favelas ou moravam em casas provisórias montadas em barrancos ou em áreas de risco. A prefeitura disse ainda não saber quem é o proprietário do terreno, que é particular. O MTST vai pressionar a Câmara Municipal para classificar o local como Zona Especial de Interesse Social (Zeis), o que permitiria desapropriá-lo para construir moradias populares. 

O movimento lidera ainda outras grandes ocupações como a Nova Palestina, no M'Boi Mrim, e Faixa de Gaza, em Paraisópolis, ambas na Zona Sul. Integrantes do MTST estavam entre os 3 000 manifestantes que entraram em confronto com a Tropa de Choque em frente à Câmara Municipal, na noite de terça-feira (29), durante um protesto para pressionar os parlamentares a aprovar a ampliação de áreas destinadas à construção de moradia popular.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO