Gente

O universo de Gastón Acurio

Dono do melhor restaurante da América Latina — o Astrid y Gastón, em Lima —, o chef peruano enxerga o mundo sob a ótica da poesia e da culinária

Por: Rosane Queiroz

Gastón Acurio
O chef Gastón Acurio (Foto: Divulgação)

Meu estilo Para me vestir, sou um desastre. Hippie, hippie. Mas às vezes posso usar algo especial, como um terno Yohji Yamamoto, que ganhei de presente. É um terno azul-celeste. Lindo. Os japoneses são artistas.

Terno Yohji Yamamoto
Terno da grife Yohji Yamamoto (Foto: Karl Prouse/Getty Images)

Uma descoberta recente Um curry feito somente de lentilhas, riquíssimo, no restaurante hindu Mantra, em Lima. Éramos seis pessoas e todos ficamos encantados. O prato deve ter 1000 anos, mas só o descobri agora.

+ Leia mais sobre o mercado de luxo

Meu quarto preferido no mundo O meu. Uma maneira de resistir ao cansaço das viagens é alimentar a ilusão de regressar à minha cama. Viajo saboreando esse momento. Minha cama é uma king macia, quase como o abraço de uma linda mulher.

O site de estimação Foodspoting.com, para encontrar restaurantes, receitas e chefs pelo mundo.

Um artista que colecionaria O pintor peruano Sérvulo Gutierrez (1914-1961), mas todos os quadros estão em museus e coleções. Tive uma coleção de arte, que doei a uma fundação, para angariar fundos para as escolas de cozinha que criamos, dedicadas a jovens que não dispõem de oportunidades. Hoje, quanto menos coisas eu possuir, mais feliz serei.

Sérvulo Gutierrez
Óleo de Sérvulo Gutierrez (Foto: Divulgação)

Sempre tenho na geladeira Avocado, ají, manteiga e batata.

Fonte: VEJA SÃO PAULO