Cinema

'O Som ao Redor' é o indicado brasileiro a vaga no Oscar

A escolha do drama foi anunciada pelo Ministério da Cultura nesta sexta (20). Seleção dos indicados a melhor filme estrangeiro é feita pela Academia de Hollywood

Por: Redação Veja SP - Atualizado em

O Som ao Redor
'O Som ao Redor': prêmio da crítica internacional em Roterdã (Foto: Divulgação)

O Ministério da Cultura anunciou nesta sexta (20) que o drama O Som ao Redor, dirigido pelo pernambucano Kléber Mendonça Filho, foi escolhido para representar o Brasil na disputa por uma vaga no Oscar 2013. O longa-metragem será visto pelos integrantes da Academia de Hollywood que elegem os indicados na categoria de melhor filme estrangeiro. Os cinco finalistas serão conhecidos no dia 16 de janeiro.

Incluída na lista de dez melhores filmes de 2012 do crítico A.O. Scott, do jornal The New York Times, a produção foi premiada nos festivais do Rio (melhor filme e roteiro), Gramado (melhor diretor, som, além de ter conquistado os troféus da crítica e do público) e na mostra internacional de Roterdã, onde ficou com o prêmio da crítica.

Trata-se do longa de estreia do crítico e cineasta, que dirigiu curtas premiados como Recife Frio e Vinil Verde. A trama mostra as tensões surgidas em um condomínio de classe média de Recife a partir do momento em que os seus moradores resolvem contratar seguranças particulares.

No total, 14 fitas foram inscritas para tentar a indicação do Ministério da Cultura - entre elas, Colegas, Faroeste Caboclo e Gonzaga - De Pai para Filho. De acordo com o secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Leopoldo Nunes, a comissão avaliadora levou em conta critérios como criatividade e originalidade que, segundo ele, são levados em conta pela Academia de Hollywood.

A última vez que um filme brasileiro foi indicado a produção nacional foi indicada na categoria foi em 1999, com Central do Brasil

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO