Consumo

Conheça o maior vendedor de máquinas de costuras da capital

Loja tem mais de 2 000 equipamentos à venda; as mais caras chegam a custar 5 000 reais

Por: Jussara Soares

lojas curiosas
Antônio Santos Coelho tem cerca de 2 000 máquinas de costura para vender. Algumas chegam a custar 5 000 reais (Foto: Mário Rodrigues)

Ao chegar a São Paulo, na década de 60, o português Antônio Santos Coelho nunca havia visto uma máquina de costura de perto. Mal podia imaginar que isso viraria seu ganha-pão pela vida inteira. Sonho de consumo das donas de casa da época, os equipamentos tinham ótimo potencial no comércio, logo percebeu Coelho. Em 1966, ao lado de um colega de pensão, ele começou a revendê-los na cidade. Os dois faziam anúncios em jornais de grande circulação na capital, e o negócio, aos poucos, prosperou.

Hoje com 70 anos, o proprietário da Ao Imperador das Máquinas trabalha cercado por pelo menos 2 000 unidades, distribuídas em três andares num prédio da região da Luz. Todas ficam alinhadas em estantes e sobre enormes mesas. Mais de 95% dos produtos são industriais e comprados por grandes confecções. Mas há também peças novas, seminovas e antigas. As raridades, como os modelos caseiros do século XIX, chegam a custar 5 000 reais. Coelho acabou virando também um dos maiores especialistas em restauro do mercado. “Só não aprendi a costurar até hoje”, diverte-se.

Serviço:

Rua São Caetano, 617/619, Luz, ☎ 3227-3329. www.aoimperador.com.br

Fonte: VEJA SÃO PAULO