conforto

Lollapalooza: vai com as crianças? Leve fone de proteção e canga

Iggor Cavalera e Laima Leyton, do Mixhell, dão dicas de sobrevivência para pais que vão com filhos ao festival

Por: Mayra Maldjian - Atualizado em

Mixhell
Família reunida no camarim de festival (Foto: Arquivo pessoal)

Iggor Cavalera e Laima Leyton, do Mixhell, formado também por Max Blum, suam a camisa para conciliar família e carreira. O casal tem cinco filhos e é comum vê-los sassaricando na plateia ou no cantinho do palco nos shows da banda. A cena, inclusive, deve se repetir nos próximos três dias, durante o festival Lollapalooza. O trio se apresenta no domingo (31), no palco Perry, às 15h15. Na sexta, Cavalera dá aulas de baterias no palco Kidzapalooza, dedicado aos pequenos, durante a tarde, e à noite abre o show do Hot Chip no Cine Joia.

+ Lollapalooza também é passeio para as crianças

+ Saiba tudo sobre o festival

“O Pedro e a Raissa querem ver o Deadmau5, adoram música eletrônica. Já o Iccaro e a Joanna parecem não estar muito felizes, pois não tem muito metal. O Antonio e o Iccaro com certeza vão ao Kidzapalooza”, conta a mãe.

Apesar de estarem todos grandinhos e acostumados com a rotina rockstar, Laima e Iggor ainda toma certos cuidados antes de começar a maratona, como levar na bolsa fones de proteção para os ouvidos e lencinhos umedecidos para quebrar o galho no banheiro químico.

“O Antonio começou a ir a turnês conosco muito cedo. Ele nasceu em 2006 e já em 2008 estava morando em um ônibus e indo a festivais pela Europa. Os primeiros shows foram os do Cavalera Conspiracy e logo Rage Against the Machine, Kiss e Ozzy Osbourne”, lembra Laima. “O engraçado é que usando os fones de proteção ele sempre caía no sono. Quanto mais pesado o som, mais rápido ele dormia.”

Os irmãos mais velhos, Joanna, 16, Pedro, 14, Raissa, 12 e Iccaro, 10, gostavam mais da ideia de passar as férias em turnê pertinho da família do que ir aos shows. “Lembro uma vez chegando ao festival do Ozzy em Dallas para um churrasco do Metallica, os filhos estavam tão esfomeados que invadiram o jantar, foi muito engraçado ver aquela criançada toda avançando na comida!”

Confira abaixo algumas dicas da produtora e DJ para os pais na hora de preparar a mochila para o Lollapalooza:

Mixhell
Antonio, 7, joga baquetas para o público ao lado de Iggor Cavalera (Foto: Arquivo pessoal)

MOCHILOLLA - Guia de sobrevivência para pais e filhos no maior festival brasileiro

Indispensáveis

O nosso primeiro item é, sem dúvida, o fone de proteção. Os mais velhos, é claro, não gostam mais de usar. Depois: casaco, iPhone –essas coisas para as horas de espera. 

Modelo

Sempre calça, tênis, camiseta e um moletom a tiracolo. O básico é o que mais funciona.

Quando bate a fome

Acho que nunca levamos lanches. Eles sempre querem comer o que tem por lá. Levamos normalmente leite sem lactose ou coisas que são essenciais para as necessidades deles. A dica é não deixá-los com fome. Pelo menos os nossos são assim, só ficam mal-humorados se estão famintos.

Na hora do aperto

Se for a única opção, usamos o banheiro químico mesmo. Sempre carregamos alguns lencinhos umedecidos de limpeza e de pele, isso ajuda bastante. Para trocar a fralda vale tudo, não? No carrinho, no chão, em mesas e cadeiras.

Mãe, cansei!

Cangas, colchonetes. Carrinho de bebês para os pequenos são essenciais. Já chegamos a levar sacos de dormir e travesseiros! No Glastonbury [na Inglaterra], que é um festival para a família, já vimos casais com carrinhos incríveis, míni camas com rodas que podem acompanhar os pais aos shows, muita coisa criativa. O que vale é a família curtir junto e não ser um estresse para nenhum dos lados. O legal é ter um trato com eles para que ninguém se prejudique, assim iremos embora conforme o combinado.

 

Mixhell
Raissa brinca ao lado de Laima Leyton em show no Rock in Rio (Foto: Arquivo pessoal)

 

O QUE ENTRE E O QUE NÃO ENTRA NO LOLLA

Antes de sair de casa, consulte a lista abaixo:

Pode levar (público geral)

  • Capa de chuva
  • Protetor solar
  • Protetor labial
  • Boné ou chapéu
  • Roupas para calor e frio
  • Mochila e bolsa
  • Óculos de sol
  • Canga
  • Celular
  • Câmeras fotográficas não profissionais (portáteis)
  • Alimentos industrializados lacrados de fábrica, como barra de cereal, torradas e biscoitos (limite: quatro itens por pessoa) 
  • Frutas pequenas cortadas e embaladas, como maçã, banana, pera, uva, morango (limite: até quatro unidades por pessoa)
  • Água mineral em copo de plástico selado e lacrado (limite: até três unidades por pessoa)
  • Isqueiro e fósforos
  • Bandeira sem mastro
  • Remédios (com receita médica)

Pode levar (público com crianças de colo de até três anos)

  • Carrinho de bebê
  • Papinha de bebê (não será permitida entrada de embalagens de vidro)
  • Mamadeira
  • Chupeta
  • Fraldas
  • Cremes para assaduras
  • Lenços umedecidos
  • Bebê canguru

Não pode

  • Camelback
  • Garrafas de plástico (com ou sem tampa)
  • Bebida alcóolica
  • Cadeiras e banquinhos (ou qualquer tipo de assento com material rígido)
  • Guarda-chuvas de qualquer tamanho
  • Pingentes, correntes pesadas ou anéis
  • Objetos pontiagudos (inclusive prendedores de cabelo tipo bico de pato)
  • Objetos perfurantes ou cortantes (tesoura, estiletes, pinças, cortadores de unha, canetas esferográficas, lápis)
  • Materiais ou objetos que possam causar ferimentos
  • Balões em geral e malabares
  • Fogos de artifício e de estampido
  • Objetos de vidro, plástico ou metal (perfumes, cosméticos, inclusive desodorantes de qualquer tipo, pasta e escova de dente)
  • Substâncias tóxicas ilegais ou ilícitas e utensílios para utilização de drogas
  • Bebidas (em qualquer tipo de recipiente ou vasilhame que não seja o copo de água mineral selado e lacrado)
  • Remédios sem autorização ou receita médica
  • Bandeira com mastro
  • Papel em rolo de qualquer espécie, jornais e revistas
  • Alimentos de qualquer natureza, exceto industrializados (listados anteriormente) e frutas pequenas; alimentos com a embalagem aberta não serão autorizados
  • Vasilhames, copo de vidro, latas ou qualquer outro tipo de embalagem, contendo líquidos de qualquer natureza que, direta ou indiretamente, possam provocar ferimentos em caso de esforço físico isolado ou generalizado
  • Animais
  • Máquinas fotográficas profissionais (lente intercambiável)
  • Filmadoras, gravadores, notebooks e tablets
  • Armas de fogo e armas brancas (facas, canivetes, etc.)
  • Latas aerosol e tinta
  • Skate, bicicleta, scooter, moto ou qualquer outro tipo de veículo motorizado ou não motorizado
  • Isopor, cooler ou qualquer outro tipo de utensílio para armazenagem

Fonte: VEJA SÃO PAULO