publicidade

Comportamento

O que fazer no primeiro encontro

18.set.2009 | Atualizada em 7.dez.2010

1. Aparência importa, sim!

Nem por isso só os belos são felizes. O importante é apostar no que deixa sua imagem mais bacana: seja com um clareamento dental, com abdominais para livrar-se da barriguinha ou com o corte de cabelo perfeito para o formato do seu rosto.

2. Para evitar (literalmente) uma saia-justa

Quer estrear aquele vestido maravilhoso? Esqueça. No primeiro encontro, a regra é ficar confortável. Nada pior do que descobrir, no meio da noite, que a roupa rasgou ou que mal dá para se mexer de tão apertada.

3. Homens bacanas não usam...

...camisas de seda, jóias demais, calças brancas e/ou justas. Ar de cafajeste garantido!

4. E as mulheres, por sua vez...

...devem fugir de decotes e fendas muito ousados. Mistério é bom e todo mundo gosta. Não existe sensualidade sem sutileza.

5. Quanto mais natural, melhor

Em vez de exibir todo o seu conhecimento sobre aquele arquiteto famoso, comente uma cena engraçada do seu dia. Bom humor conquista mais que uma demonstração do seu nível cultural. Agir naturalmente é o caminho.

6. Não diga uma coisa dessas!

À mesa não se fala de dieta, doença, depressão, dureza, política, religião ou ex-amores. Jamais, em ocasião alguma, use chavões como "homem é tudo igual" ou "mulher gosta mesmo é de dinheiro". Muito menos cantadas tipo "não sabia que boneca andava".

7. Para não morrer pela boca

Seu hálito vai para o beleléu (e com ele a chance de o encontro render pelo menos um beijo) com camarão, peixe em excesso, cebola e alho. Sem falar do cigarro. Combinações tipo bolinha de queijo com uísque são um perigo também. Quem bebe para diminuir a timidez precisa maneirar nas doses. Ou alternar o álcool com bastante água.

8. Ouvidos abertos para seduzir

Ganha mais quem fala menos. Quem não gosta de receber atenção? Por isso especialistas em relacionamentos ensinam que saber ouvir é um dos jeitos mais eficazes de conquistar a pessoa que está com você.

9. A conta é dele

Sim, estamos no terceiro milênio e blablablá. Mas pega muitíssimo bem o homem pagar a conta – mesmo que a moça proponha dividi-la. Pelo menos nos dois primeiros encontros. A partir do terceiro, já há intimidade suficiente para rachar as despesas.

10. Controle a ansiedade

Se a vontade de telefonar for grande, tudo bem dar uma ligadinha no dia seguinte. Só. Mensagens de celular, no MSN ou recadinhos no Orkut, combinados, passarão a impressão de que você anda num desespero de dar dó. E ninguém quer namorar gente assim, certo?

publicidade

X

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail