Passeios

O que acontece nesta sexta (21): programas para crianças

Confira atrações para curtir com a garotada

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

2012 - Festival Internacional de Cinema Infantil - Julieta de Bicicleta
'Julieta de Bicicleta', atração do Festival Internacional de Cinema Infantil (Foto: Divulgação)

+ Veja o que fazer nesta sexta

  • Parques

    Aquário de São Paulo

    Rua Huet Bacelar, 407, Ipiranga

    Tel: (11) 2273 5500

    28 avaliações

    Após uma expansão realizada em abril de 2015, o parque tem como grande atração um casal de ursos polares, vindos da Rússia. Aurora e Peregrino vivem em um recinto climatizado de 1500 metros quadrados. Também são novidades bichos provenientes de regiões como Austrália, África e Indonésia. São cangurus, equidnas, vombates e leões-marinhos. Há ainda lêmures, que ganharam fama com o personagem Rei Julien do filme Madagascar (2005), e suricatos, similares a Timão, do desenho O Rei Leão (1994). Um casal de coalas deve chegar em breve.

    + Conheça as novidades do Aquário de São Paulo

    O ala antiga ainda atrai atenções. Um tanque gigante de 1 milhão de litros de água salgada abriga diversas espécies aquáticas. Para observá-las, adultos e crianças ficam em um espaço que lembra um navio naufragado. Os peixes são vistos através de placas acrílicas quando se olha para a frente ou para o alto.

    Por ali circulam oito tubarões-lixa e o tubarão-mangona Pancho, que tem 1,80 metro de comprimento e pesa 100 quilos. Em outro setor estão mamíferos aquáticos a exemplo de lontras e o peixe-boi Tapajós, ameaçado de extinção e vindo da Amazônia. Por ali, a sensação é de uma visita à Amazônia. O público conhece também reproduções de lugares como a Patagônia, no pinguinário, cheio de aves originárias da região do sul da Argentina. O lago dos jacarés faz uma referência ao Pantanal.

    Saiba mais
  • Parques de diversão

    O Mundo da Xuxa

    Avenida Das Nações Unidas, 22540, Jurubatuba

    3 avaliações
  • Na encantadora mostra, o visitante tem contato com o personagem da literatura em nove lúdicas instalações — apenas uma não permite a interação do público. Cada obra conta uma passagem do livro escrito por Collodi, desde a construção do boneco de madeira por Gepeto até sua transformação em um menino de verdade. O roteiro tem o acompanhamento de guias, e a participação deles contribui para organizar a brincadeira e fazer compreender o contexto dos trabalhos ali apresentados. Entre os pontos altos da exposição idealizada pela ítalo-brasileira Vera Uberti estão a floresta tomada por bolas douradas de vários tamanhos e a sala na qual a meninada deve encontrar as partes de um Pinóquio despedaçado, além do desafio de montar uma colmeia destruída o mais rápido possível. No final, há um corredor em que a sombra do personagem segue os passos do espectador por meio de uma projeção. Até 18/11/2012.
    Saiba mais
  • Resenha por Tatiane Rosset: Ao longo de nove anos, o Festival Internacional de Cinema Infantil já exibiu 450 títulos para 1,2 milhão de espectadores. Na 10ª edição, mais 100 longas e curtas de 24 países se juntam à lista. Entre eles sobressai a animação franco-belga Zarafa (2012), sobre a amizade de uma girafa com o jovem Maki, que consegue fugir de traficantes de escravos. Com roteiro bem amarrado, a história apresenta belas paisagens das aventuras do garoto, como os campos e castelos franceses e os grandiosos desertos africanos. Há sessões no Eldorado — neste domingo (23/09), às 13h, e no sábado (29/09), às 16h30 — e no Santa Cruz — no sábado (29/09), às 18h30, e no domingo (30/09), às 15h. Das novidades, destaca-se a projeção contada, na qual o texto do filme é lido durante a exibição. Neste sábado (22/09), às 18h30, no Eldorado, participa do evento o holandês Tony 10 (2012), a respeito do esforço de um menino para salvar o casamento de seus pais. Já conhecida do público, a sessão com dublagem ao vivo se mantém entre as melhores atrações e traz a produção holandesa Quais São as Chances? (2011). O enredo, que mostra uma menina preocupada com o pai prestes a ser enviado a uma zona de guerra, ganha interpretação dos dubladores feita de dentro da sala do Eldorado neste domingo (23/09), às 14h30. Dos representantes brasileiros, aparece o inédito Corda Bamba (2012), longa-metragem de estreia do diretor Eduardo Goldenstein. Inspirado no livro de Lygia Bojunga Nunes, aborda os desafios de uma garota que perdeu a memória após um acidente. Apesar de benfeito, o drama possui um roteiro um tanto lento e metafórico, podendo entediar os menorzinhos. A fita estará em cartaz no sábado (29/09), às 17h30, no Eldorado, e às 16h30, no Santa Cruz. Até 30/09/2012.
    Saiba mais
  • Resenha por Miguel Barbieri Jr.: A mesma produtora de “Coraline” e o “Mundo Secreto” (2009) investe novamente numa animação em stopmotion, bastante assustadora para crianças pequenas. Eis o mórbido tema: Norman é um menino de 11 anos que fala com sua avó morta e, por isso, vira alvo de chacotas na escola. Ninguém (nem mesmo sua família) acredita em seu dom sobrenatural. Para piorar, Norman recebeu um recado do além de um tio recém-falecido. A maldição de uma bruxa, ocorrida 300 anos atrás, está para voltar à tona e só o pequeno protagonista será capaz de impedi-la. Se o assunto vai parecer complexo demais para os menorzinhos, os adultos podem julgar a história infantilizada. Mesmo sem um foco de público definido, a realização mostra-se primorosa e apresenta, originalmente, um personagem assumidamente gay. Estreou em 07/09/2012.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO