CINEMA

O melhor da Mostra: o que ver nesta quarta (26)

Programação de hoje conta com polêmico filme iraniano e novas exibições de "Late Bloomers" e "O Leopardo"

Por: Bruno Machado - Atualizado em

Cena de "Um.Dois.Um"
"Um.Dois.Um": iraniano polêmico é exibido hoje; a produtora do filme está presa no Irã (Foto: Divulgação)

Ficção

Entre os destaques da programação da 35ª Mostra de Cinema desta quarta-feira (26), estão o iraniano “Um.Dois.Um”. O filme causou controvérsia após apresentar um triangulo amoroso na fechada sociedade iraniana. Assim como o diretor de “Isto Não É Um Filme” (também na programação da Mostra), Katayoun Shahabi, produtora de “Um.Dois.Um”, está presa e impedida de deixar o Irã. A diretora do filme, Mania Sherbaf Akbari, no entanto, vem ao Brasil para participar da exibição.

+ Leia tudo sobre a 35ª Mostra Internacional de Cinema

+ Faça a sua programação para a Mostra com a nossa ferramenta

E, para quem não conseguiu ver “Late Bloomers – o Amor Não Tem Fim”, hoje há outra oportunidade para ver Isabella Rossellini e William Hurt como par romântico.

Documentário

Valem o ingresso hoje o interessante “A Alma Roqueira de Noel Rosa” e “Além do Ícone”. O primeiro filme é narrado pelo músico Paulo Miklos, dos Titãs, que mergulha no samba para criar um show em homenagem ao centenário de nascimento Noel Rosa. Músicos como Osvaldinho da Cuíca, Rappin’ Hood e Malu Magalhães (!) também falam sobre as influências do compositor em suas canções.

“Além do Ícone” narra a história do fotógrafo Dennis Stock, responsável por imagens icônicas de artistas como James Dean.

Nacional

Das exibições nacionais, “Os 3” é o destaque do dia. O filme, dirigido por Nando Olival, tem uma narrativa curiosa: após se conhecerem na faculdade e se tornarem muito unidos, três amigos se tornam protagonistas de um reality show em seu apartamento. O programa será um teste de amizade.

Não menos exótica é a premissa de “Amanhã Nunca Mais”, com Lázaro Ramos e Maria Luiza Mendonça no elenco. Numa noite, Walter, um médico que vive estressado, precisa enfrentar um trânsito caótico para buscar o bolo de aniversário da filha. No entanto, o que deveria ser uma viagem normal toma rumos inesperados.

Clássicos

Para quem não pôde ver, o clássico de Martin Scorsese “Taxi Driver” (1976), com Robert De Niro, será exibido hoje novamente.

Fãs de Luchino Visconti curtem o “O Leopardo” (1963), em versão estendida com cerca de 23 minutos a mais e cópia restaurada. Imperdível.

Fonte: VEJA SÃO PAULO