CINEMA

“O Mágico de Oz” tem trilha ao vivo de Pink Floyd Cover

Filme será exibido no MIS neste domingo (11), com músicas do álbum “Dark Side of the Moon”, da banda original

Por: Taís Hirata

O Mágico de Oz
O clássico de Victor Fleming recebe trilha sonora ao vivo da banda Pink Floyd Cover (Foto: Divulgação)

Há um mito que afirma que o álbum “Dark Side of the Moon” (1973), do Pink Floyd, possui sincronia perfeita com o clássico “O Mágico de Oz” (1939), dirigido por Victor Fleming, seja pela letra das músicas ou por correspondências audiovisuais. Embora a banda sempre tenha desmentido a relação proposital, muitos fãs insistem nas coincidências entre as obras.

+ 50 anos sem Marilyn Monroe

+ Os melhores filmes em cartaz

Na carona da lenda, o grupo Pink Floyd Cover irá tocar as faixas do disco, ao vivo, neste domingo (11), durante a exibição do filme no MIS. Serão duas sessões. A primeira, às 16h, já está esgotada. A segunda ocorre às 18h30, e os ingressos, a R$ 4, só serão vendidos no local a partir das 14h do dia da exibição.

Para quem não conhece a história, o longa conta a saga da menina Dorothy, que vai parar na terra de Oz após um tornado em Kansas, nos EUA. Para voltar à sua casa, passa por diversas aventuras.

TIRA TEIMA

Preste atenção a algumas das coincidências entre o filme e álbum

■ Quando Dorothy está na fazenda, no momento em que olha para o alto, começam barulhos de avião da faixa "On the Run"

■ No trecho de "Brain Damage" que diz “the lunatic is in my head” (o lunático está na minha cabeça), o espantalho começa a dançar freneticamente no longa.

■ A cena em que Dorothy se aproxima para ouvir o coração do homem de lata coincide com o som de batimentos cardíacos da faixa "Eclipse"

■ Outra suposta alusão seria a capa do álbum, que mostra um prisma em que, de um lado entra uma luz branca e do outro ganha cores. O filme “O Mágico de Oz” é dividido em duas metades: uma em preto-e-branco e outra colorida.  

Fonte: VEJA SÃO PAULO