Mistérios da cidade

O homem-vitrine da Rua Augusta

Por: Sara Duarte - Atualizado em

O homem-vitrine da Rua Augusta Foto 2
(Foto: Veja São Paulo)

Desde o início do mês, o artista gráfico Daniel Sorbello, de 31 anos, chama a atenção de quem passa pela Rua Augusta em direção à Avenida Paulista. De segunda a sábado, das 12 às 20 horas, ele se posta em um pequeno ateliê instalado na vitrine de uma loja de mochilas e começa a desenhar. Customiza artigos que custam de 99 a 460 reais usando canetinhas, tinta de tecido, spray, verniz... Morador de Santo Amaro, ele é conhecido no meio do grafite como Daniel Zero. Trabalha como customizador nos fundos do estabelecimento há três anos. Para celebrar o Dia das Crianças, foi para a frente do público. "Trabalharia assim só uma semana, mas, como a procura pelo serviço aumentou 20%, continuarei de castigo até o fim do mês", brinca o designer.

Fonte: VEJA SÃO PAULO