publicidade

Sociedade

O casamento da filha de Silvio Santos

Depois de uma paixão fulminante, como as das novelas do SBT, Silvia Abravanel sobe ao altar com cantor sertanejo

29.nov.2013 por Ricky Hiraoka

Conhecido por exibir os melosos folhetins mexicanos, o SBT foi cenário de uma paixão arrebatadora — e, até a semana passada, inédita para boa parte deseus telespectadores. Se na ficção o papel de mocinha cabe a Thalia (estrela da trilogia Maria Mercedes, Marimar e Maria do Bairro), na vida real, a protagonista da história de amor vivida nos bastidores do canal é Silvia Abravanel, de 42 anos, a filha número 2 de Silvio Santos. Responsável pelo núcleo infantil da emissora e pelo game show Roda a Roda, ela também dirige o Feriadão SBT, programa exibido em datas especiais, como Corpus Christi.

Em 6 de junho de 2012, Silvia, após um amigo insistir muito, escalou a desconhecida dupla sertaneja catarinense Téo & Edu para se apresentar na atração. “Acho que o Feriadão SBT foi criado para que o Edu (nome artístico de Kleiton Pedroso) pudesse entrar em minha vida”, derrete-se ela. Silvia diz que se encantou porque o cantor, catorze anos mais jovem, tem os desejos parecidos com os seus: “Ele é o tipo de homem que quer constituir família”. O parceiro retribui os elogios. “Ela entende e incentiva o meu trabalho.” Na mesma noite em que se conheceram, a diretora decidiu que ele ficaria hospedado na casa dela no Ibirapuera. Resultado: trocaram o primeiro beijo. No dia seguinte, eles viajaram a Santa Catarina para conhecer a família de Edu. Quatro dias depois, o cantor convidou Silvia para encontrá-lo no Rio de Janeiro, onde ele gravava a música Meu Tudo é você, seu maior sucesso, digamos assim.

+ Tudo sobre o mundo dos ricos e famosos no blog Terraço Paulistano

“Era véspera do Dia dos Namorados, comentei com uma amiga sobre o convite e ela disse: ‘Pegue esse avião com destino à felicidade’”, lembra. Oficializaram, assim, a relação. Como em todo enredo de novela, o casal decidiu concretizar o amor trocando alianças. O sertanejo, então, teve uma conversa com Silvio Santos. O apresentador perguntou quais eram as intenções do rapaz e falou da sua vontade de ver Silvia construir uma família. No fim, questionou: “Você está certo disso? De que minha filha é a mulher certa?”. Diante da resposta positiva, festejaram o noivado no último dia 6 de junho e marcaram as bodas para 6 de dezembro, data em que completam um ano e meio juntos. A noiva justifica a rapidez: “Somos proativos”.

Diferentemente de outros famosos, Silvia optou pela discrição. “Não quero fazer do meu casamento um evento”, justifica. Entre os poucos nomes conhecidos que testemunharão a união está o da empresária Sylvia Design, que presenteou a amiga com um sofá de sua loja. “Nunca a vi tão feliz”, relata. Não será permitida a presença da imprensa na cerimônia para 200 pessoas, na casa de Silvia. O reverendo Aldo Quintão, da Catedral Anglicana, fará o casamento. A pedido do noivo, o local será decorado com orquídeas brancas. “Os casamentos de que mais gostei de participar tinham flores assim”, conta Edu. Cada convidado vai receber uma caixa de lenços descartáveis, na qual estará escrito “Lágrimas de alegria”, além de um perfume com fragrância exclusiva da, adivinhem, Jequiti.

Silvia entrará acompanhada pelo pai, que, segundo ela, está em contagem regressiva para esse momento. Ao contrário da maioria das noivas que gozam de boa condição financeira, a diretora do SBT não encomendou um vestido feito por estilista renomado. Optou por comprar um modelo na tradicional Rua São Caetano. “Andei bastante por lá e provei um vestido na loja Bela Noiva que serviu em mim tão bem como o sapatinho na Cinderela”, compara. Um vestido exclusivo do estabelecimento pode custar até 40 000 reais, dependendo do material usado. Após os votos, o casal seguirá para a festa no Buffet Palace, no JardimPaulistano. O evento será animado pela banda Saint Paul, a mesma que cantou na celebração dos 15 anos de Silvia.

Uma curiosidade. A festa vai custar “só” 150 000 reais porque os fornecedores, segundo uma pessoa envolvida na organização, não souberam que se tratava do casório da filha do “patrão”. O casal passará a lua de mel em Miami e Nova York. “Quero aproveitar para fazer compras”, comenta Edu, que não conhece nenhum dos destinos. Eles já pensam em filhos para 2014. Silvia tem duas meninas, Amanda, de 8 anos, e Luana, de 15, frutos de relacionamentos anteriores. Edu é pai de Sophie, de 1. “Quero ter mais três meninos. Aí serão seis e montaremos uma banda”, brinca.

A NOIVA VEM AÍ...

Os detalhes do casamento da filha número 2 de Silvio Santos

› Convidados: 200

› Itens na lista de presentes: adega climatizada 31 garrafas (R$ 2 161, 58), home theater Blu-ray 3D (R$ 3 171,82), garrafa térmica (R$ 125,00)

› Vestido: modelo comprado na loja Bela Noiva (Rua São Caetano)

› Decoração da casa onde será a cerimônia: orquídeas brancas (a flor escolhida pelo noivo)

› Decoração do bufê: tudo em tons variados de amarelo, “a cor da felicidade”, segundo a noiva

› Brindes: lenços descartáveis com os dizeres “Lágrimasde alegria” na embalagem e perfumes exclusivos da Jequiti com caixa personalizada

› Lua de mel: Miami e Nova York (cinco dias em cada cidade)

publicidade

mundo ao lado
X

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail