Comida

Número de temakerias cresce em São Paulo

A cidade ganhou neste ano pelo menos dez casas especializadas no cone de alga recheado com arroz, peixe cru ou outros acompanhamentos

Por: Sara Duarte - Atualizado em

Eles custam em média 10 reais, têm no máximo 300 calorias e são boa opção para quem quer fazer uma refeição leve, principalmente na madrugada. Os temakis, termo em japonês que significa "enrolados com as mãos", são aqueles cones de alga recheados com arroz, peixe cru ou outros acompanhamentos – imagine que inventaram até uma versão de morango com chantilly. Essa espécie de sushi gigante aparece como um dos itens dos cardápios dos restaurantes japoneses e como prato principal nas temakerias, as casas especializadas no petisco que estão se multiplicando pela cidade. Desde janeiro, pelo menos dez temakerias foram inauguradas por aqui. São freqüentadas basicamente porjovens que querem degustar comida asiática, muitas vezes depois da balada, gastando pouco.

Com unidades na Vila Olímpia, na Consolação e na danceteria Pacha, na Vila Leopoldina, a Temaki Express foi a primeira rede a criar, em 2003, um cardápio exclusivamente de cones. "A sacada foi oferecer comida japonesa expressa", conta Luis Paulo Stevaux, diretor do grupo. "Fica pronta em poucos minutos e pode ser consumida no balcão ou em pé." O modelo deu tão certo que hoje pode ser visto em diversos bairros. Inaugurada há pouco mais de um ano, em Santana, a Temaki Ya já tem filiais no Tatuapé, na Vila Mariana e no Ibirapuera. Sua loja na movimentada Avenida Brás Leme, na Zona Norte, fisgou o casal de advogados Erika Acashi e Sandro Focá. "Antes íamos às temakerias da Vila Olímpia, mas agora há várias abrindo em nossa região", afirma Sandro.

Sabores diferentões, como salmão com rúcula ou kani com camarão, cream cheese e limão, são o forte do Aoyama Temaki Hall, no Itaim Bibi. A casa funciona no esquema de rodízio. Por um preço fixo de 20,90 reais no almoço e 27,90 reais no jantar, é possível comer quantos cones quiser. "Certa vez um cliente consumiu 23", afirma Eduardo Nagai, o proprietário. "A maioria das pessoas, no entanto, não passa de seis ou sete." Além de preço baixo e variedade, algumas casas oferecem promoções a baladeiros. A rede Yoi! Rolls & Temaki, por exemplo, dá desconto de 5% a quem apresentar ingressos de shows, peças de teatro ou cinema. "Com isso, conseguimos atrair mais jovens", diz Rogerio Frug, ex-sócio da Temaki Express. "Hoje, 80% do nosso público tem entre 18 e 30 anos."

Alguns endereços especializados

Aoyama Temaki Hall: por um valor fixo – R$ 20,90 no almoço e R$ 27,90 no jantar – você pode experimentar quantos temakis quiser. Rua Adolfo Tabacow, 269, Itaim Bibi, 3079-1373. 12h/15h e 19h/23h30 (seg. a qui.; sex. e sáb. até 0h; dom.12h/23h).

Temaki Express: primeira temakeria de São Paulo, oferece 22 sabores de cone. Rua Gomes de Carvalho, 1152, Vila Olímpia, 3045-6903. 12h/6h (qui. a sáb.; seg., ter. e dom. até 3h; qua. até 4h). Mais duas unidades.

Temaki Ya: o lugar tem decoração simples, mas oferece temakis corretos a partir de R$ 7,50. Avenida Brás Leme, 2025, Santana, 2099-2091. 12h/5h (qui. a sáb.; seg. até 1h; ter. e qua. até 3h; dom. 18h/1h). Mais três unidades.

Yoi! Rolls & Temaki: prove o de salmão defumado com queijo brie e alcaparras (R$ 9,00). Rua Wizard, 213, Vila Madalena, 3817-5349. 12h/6h (qui. a sáb.; seg. e ter. até 3h; qua. até 4h; dom. até 2h). Também no Sumaré, no Itaim Bibi, no Shopping Eldorado e em breve na Rua Augusta.

Fonte: VEJA SÃO PAULO