Retrospectiva

2015: a expressão 'manda nudes' foi um dos principais temas do ano

Muitas celebridades acabaram revelando demais. Confira nosso "peladômetro"

Por: Daniel Bergamasco, Mariana Rosário e Thaís Reis Oliveira - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

“Mandar nudes” foi um dos temas da vez neste ano – com a popularização dos aplicativos WhatsApp e Snapchat muita gente enviou imagens íntimas reservadamente para um destinatário e viu a cena se espalhar pela internet. Imagens fortes para um ano no qual celebridades se despiram em frente às câmeras, enquanto alguns poderosos acabaram desnudados em praça pública. Confira o nosso peladômetro de 2015 com os seminus e os desnudados:

+ 2015: os memes que bombaram no ano

SEMINUS

Paolla Oliveira

paolla
Paolla Oliveira (Foto: Reprodução)

Choveu recalque para a exuberância da prostituta Danny Bond nas cenas sensuais da minissérie Felizes para Sempre?. O derrière da atriz inspirou até fantasia de Carnaval.

Andressa Urach

Andressa_Urach
Andressa Urach (Foto: Agnews)

A eterna vice-Miss Bumbum se tornou religiosa após quase morrer em decorrência da aplicação de hidrogel nas coxas, feita anos antes. No livro de desabafo, alçado a best-seller, contou até que havia se prostituído.

NUS COM A MÃO NO BOLSO

José Maria Marin

Marin-Fifa
José Maria Marin (Foto: Thomaz Silva/Agencia Brasil)

O sucessor, Marco Polo Del Nero, costuma aparecer ao lado de moças despidas, mas quem acabou desnudado foi Marin, preso em maio em escândalo da Fifa.

Lava-jato e Petrolão

marcelo-odebrecht
Marcelo Odebrecht (Foto: Wagner Rosário)

Não sobrou pano para cobrir a série de empresários (como Marcelo Odebrecht) e políticos (como Delcídio do Amaral) presos sob suspeita de envolvimento em esquemas de corrupção.

Robert Rey

Robert-Rey
Robert Rey, o Dr. Hollywood (Foto: Reprodução)

O Dr. Hollywood fez selfies no espelho que refetiam uma cena típica de ator pornô. As fotos vazaram, e ele amou. “Não tenho pudor”, garante.

Fonte: VEJA SÃO PAULO