Bares

São Paulo ganha novos pubs

Casas inspiradas em similares americanos, australianos e belgas aumentam a oferta de locais para beber cerveja e jogar conversa fora

Por: Flora Monteiro

2285 pubs novos - abre Buddies
O Buddies: telões para jogos de rúgbi e lutas de MMA (Foto: Mario Rodrigues)

Um pint do insuperável chope escuro da Guinness servido sobre um grande balcão de madeira, porções de bolinhos de carne, móveis de couro, jogos de dardo nas paredes e uma banda no palco tocando o bom e velho rock’n’roll. Durante muito tempo, os fãs da receita clássica dos pubs tinham poucos endereços aos quais recorrer, boa parte deles surgida há mais de duas décadas, caso dos manjadíssimos (e ainda muito concorridos) O’Malley’s, em Cerqueira César, e Finnegan’s, em Pinheiros.

+ Descubra os melhores endereços da cidade para beber, namorar, desenhar...

+ Conheça o Partisans, que ocupa um salão abaixo do nível da calçada

De um ano para cá, porém, ocorreu um fenômeno com cara de milagre de São Patrício, o santo irlandês protetor dos beberrões. Nesse período, foram inauguradas na capital seis casas para beber cerveja, jogar conversa fora e se divertir. Ao contrário dos pubs pioneiros, inspirados na cara sóbria e classuda dos bares britânicos, a nova safra diversificou bastante os estilos. Há lugares com inspiração americana, australiana e até mesmo belga.

Inaugurado em junho no Itaim, o Buddies representa um bom exemplo da tendência. A decoração com neons e flâmulas de times como o Dallas Cowboys e bandeiras dos Estados Unidos explicita o território homenageado. No teto, há quatro TVs de 55 polegadas para entreter os clientes com lutas de MMA e partidas de basquete e de rúgbi, entre outros esportes. “Queria oferecer algo diferente, com atrativos não encontrados no mercado”, explica o empresário Bruno Dias, um dos quatro sócios. Eles gastaram 250.000 reais para transformar o ponto onde funcionava antes um boteco japonês, o Seu Miagui.

+ The Ale House se destaca pela oferta de chopes belgas

+ Buddies: pub de estilo americano

A babel etílica conta também com o sotaque australiano e neozelandês do Kia Ora, casa fincada no Itaim desde 2004. Em maio, ela ganhou uma filial na Barra Funda no mesmo padrão "aussie" e uma igualmente recheada agenda de shows.

2285 pubs novos - The Ale House
The Ale House: cardápio gastronômico mais caprichado que o da média dos pubs (Foto: Fernando Moraes)

O cardápio gastronômico, mais caprichado e variado que o da média dos pubs, aparece como outro dos grandes diferenciais dos estabelecimentos recém-inaugurados por aqui. O belga Xavier Depuydt, proprietário do The Ale House, aberto em julho, no Jardim Paulista, é um dos que optaram por conquistar a clientela pelo estômago. “Como ditam os bares do meu país, os pratos bem elaborados disputam atenção com as bebidas”, diz ele. O salão de luz baixa e música animada guarda mais de 500 rótulos de cerveja e dez chopes de torneira. Na cozinha, são preparadas receitas como o cozido de carne bovina e os mexilhões na casca.

Alguns fatores impulsionaram a súbita proliferação de pubs na capital. Um dos principais está ligado ao aumento da importação de cervejas na cidade. Cerca de 40% dos rótulos atualmente disponíveis na metrópole chegaram por aqui no último ano. “A onda disseminou entre os paulistanos a curiosidade de testar novos sabores”, afirma o beer sommelier Eduardo Passarelli. A variedade facilitou a multiplicação de casas que apostam na diversidade do produto como um dos seus principais atrativos.

Os responsáveis pelos pubs mais antigos procuram ser elegantes ao comentar o aumento da concorrência. “Essa turma é bem-vinda”, diz Mário Fuchs, dono do Finnegan’s, dando em seguida uma leve dardada. “O fato de estarem apostando na mesma fórmula não deixa de ser um reconhecimento ao nosso sucesso.”

+ Dez bons rótulos em dez bares paulistanos

Como a briga esquentou, os estabelecimentos tradicionais estão sendo obrigados a se mexer para não ficar para trás. Vários deles começaram a fazer promoções e a investir na melhoria do serviço. Há quatro meses, o Finnegan’s passou a abrir as portas uma hora mais cedo de segunda a sexta — às 5 da tarde. É uma tentativa de não perder gente na happy hour para os vizinhos. No O’Malley’s, desde fevereiro, há uma oferta de shows ao vivo todos os dias — e não apenas de quarta a domingo, como ocorria antigamente. Ou seja, quando a concorrência se acirra, o consumidor acaba sendo beneficiado.

2285 pubs novos - Partisans
Partisans: inspirado na boemia europeia (Foto: Fernando Moraes)

Balcão de atrações

Confira o que há de melhor em quatro endereços recém-abertos na capital

Nome: Kia Ora

Inauguração: maio

Endereço: Rua Brigadeiro Galvão, 871, Barra Funda, tel.: 2366-3844

Uma boa pedida para: dançar ao som de shows-tributo a Foo Fighters, Bon Jovi, Pearl Jam e U2 no ambiente em estilo australiano.

Nome: Buddies

Inauguração: junho

Endereço: Rua Clodomiro Amazonas, 556, Itaim Bibi, tel.: 2373-8878

Uma boa pedida para: assistir a lutas de MMA e a jogos de futebol, basquete e rúgbi nas TVs de 55 polegadas, como ditam os pubs americanos.

Nome: Partisans

Inauguração: junho

Endereço: Rua Cônego Eugênio Leite, 944, Pinheiros, tel.: 2361-6457

Uma boa pedida para: vivenciar o estilo da boemia britânica em um ambiente intimista com paredes de madeira e porta de vidro.

Nome: The Ale House

Inauguração: julho

Endereço: Rua Peixoto Gomide, 1730, Jardim Paulista, tel.: 2679-5011

Uma boa pedida para: apreciar a boa oferta de chopes belgas, como o encorpado Maredsous e o adocicado Liefmans Fruitesse, além de algumas das mais de 500 cervejas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO