Mistérios da Cidade

Novo bilhete único

Por: Edison Veiga [Giovana Romani e Helena Galante] - Atualizado em

Fique atento: o funcionamento do bilhete único mudou. Desde o último sábado (29), só o passageiro com o cartão carregado pode usar as duas horas de integração pelo preço de uma passagem. Antes, era possível pagar o trecho em dinheiro ao cobrador e apenas validar o bilhete. A boa novidade é que, nos domingos e feriados, o sistema vale por oito horas. Nesse período, o paulistano pode tomar até quatro ônibus por 2,30 reais. Apelidado de "bilhete amigão", ele funciona para todos os que têm o cartão comum, contanto que a última recarga tenha sido de, no mínimo, 9,20 reais. Desde a Sexta-Feira Santa, quando começou a valer, 430 000 viagens foram feitas usando o benefício.

Fonte: VEJA SÃO PAULO