Roteiro

As dez melhores novidades de Pinheiros

Entre as atrações gastronômicas estão a pizzaria Napole Centrale e o bar Negroni

Por: Veja São Paulo

Napoli Centrale
Napoli Centrale: sugestões como calabresa (Foto: Ricardo d'Angelo)

Restaurantes, bares, lanchonetes e docerias abertos neste ano e que tornam o bairro ainda mais apetitoso.

+ Casa Santa Luzia faz feirinha com degustação de orgânicos

1. Ambar. As quinze torneiras de chope perfladas atrás do balcão trabalham sem compromisso com produtor ou estilo. Para acompanhar as bebidas, fazem sucesso tigelinhas e porções, como a de pastéis (R$ 20,00). 

Ambar
O bar Ambar: quinze torneiras com boas opções de chope (Foto: Ricardo D'Angelo)

2. Cozinha 212. Já é um dos restaurantes mais bombados da Rua dos Pinheiros. O público jovem aparece em peso para provar os pratos finalizados na grelha, caso do polvo na brasa ao aïoli feito com óleo de linguiça espanhola (R$ 48,00). 

3. Da Feira ao Baile. A doceria recebe gente em busca dos bolos, como o que intercala brownie de chocolate meio amargo e doce de leite, fnalizado por um crocante de castanha (R$ 95,00 o quilo). No almoço, serve ótimas tortas. 

4. Guarita. É o bar de Jean Ponce, ex-D.O.M., e do chef Greigor Caisley, do 12 Burguer & Bistro. Prove as excelentes caipirinhas de limão-taiti ou três limões (R$ 18,00 com a pinga Rainha) e a pizza individual de porco, pepino, pimenta e coentro (R$ 28,00).

5. Kod.. O novo e moderninho espaço é dedicado às carnes. O corte fat iron (R$ 54,00), derivado da paleta, é banhado por molho cremoso de cogumelos. Para acompanhar, vá de frikcles (R$ 10,00), picles de batata frito. 

6. La Guapa Empanadas. Paola Carosella abriu no bairro uma filial de sua casa de empanadas, cuja matriz fica no Itaim Bibi. Lá estão os oito sabores do salgado, como o de carne e o de cebola com queijo (R$ 7,50 cada uma). 

La Guapa Empanadas
La Guapa: empanadas com a assinatura de Paola Carosella (Foto: Mario Rodrigues)

7. Napoli Centrale. Não se trata de um restaurante, mas de um espaço informal que serve pizzas à moda napolitana. Além da ótima margherita, há sugestões como a versão de calabresa com cebola-roxa (R$ 20,00 cada uma). 

8. Negroni. Pertinho do tradicional boteco Pirajá, este bar foi aberto para se dedicar ao clássico drinque negroni e a suas variações. Bem leve, o frescolino leva gim, vermute, bitter, grapefruit, água tônica e muito gelo na taça (R$ 27,00). 

9. Rendez-vous. A brasserie abre sem intervalo do começo da manhã ao fim da noite. Entre as receitas estão um bem temperado tartare de carne bovina (R$ 35,00) e o franguinho assado com limão-siciliano de pele dourada (R$ 32,00). 

10. Solo Cozinha & Bar. Descolada e informal, a casa tem um menu repleto de petiscos que dão água na boca, como a coxinha de pato (R$ 24,00, seis unidades). Na forma de prato, a barriga de porco com quirera de milho e couve também merece ser pedida (R$ 38,00).

SOLO COZINHA & BAR
Barriga de porco: atração do Solo Cozinha & Bar (Foto: Ligia Skowronski)

Fonte: VEJA SÃO PAULO