Comidinhas

Novas sorveterias na região dos Jardins

Inspiradas no sucesso sem precedentes da Bacio di Latte, novas sorveterias de estilo italiano abrem as portas na região

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

Sorveteria Purogusto
O salão da Purogusto: investimento de 2 milhões de reais (Foto: Lucas Lima)

Quando lançou sua primeira unidade, há menos de três anos, em um estreito espaço de 50 metros quadrados na Rua Oscar Freire, a sorveteria Bacio di Latte se tornou um sucesso imediato. Clientes se aglomeravamem filas de mais de quarenta minutos de espera para provar a massa, em uma cena que ainda persiste aos fins de semana. Tamanho êxito motivou um processo rápido de expansão da marca, que na quinta (5) inaugurou o oitavo endereço, no Shopping Pátio Higienópolis, e acabou por despertar atenção de potenciais concorrentes. A Casa Elli, também focada em produtode matéria-prima sofisticada, abriu asportas há três meses nos Jardins. Agora,outras duas casas de perfil semelhante chegam ao mesmo bairro.

 

Para começar, todas elas preferem serchamadas de gelaterias,  à maneira europeia, de modo a diferenciar o produto, que tem cerca de 6% de gordura (contra 20% a 25% das receitas tradicionais). Em um imóvel de 120 metros quadrados e com área de produção envidraçada para observação dos clientes, a novata Purogusto fica na esquina das ruas Oscar Freire e Padre João Manoel. No primeiro dia de atividade, vendeu 150 litros, e desde então tem permanecido cheia. "A frequência é tão grande que devemos aumentar o número de funcionários de oito para doze", conta o italiano Carlo Alberto Ghizzoni, que se estabeleceu no Brasil como criador de gadode corte.

À frente da cozinha, onde são produzidos 100% do que se oferece ali, está a chef confeiteira Claudia Reggiani, natural de Bolonha e egressa da Vero Gelato Italiano, eleita a melhor sorveteria carioca na última edição “Comer & Beber” de VEJA RIO. “Ao longo de sete meses, fizemos testes com dezenas de sabores”, diz a expert. O resultado é umcardápio que inclui de café branco (feito com leite e de sabor parecido com o do cappucino) a graviola. A partir de janeiro, a empresa terá serviço de delivery e abrirá espaço para aulas de confecção de guloseimas para crianças.

Sorveteria Dri Dri
Dri Dri: sócios Nicolas de Virieu e Dimitri Mussard (Foto: Lucas Lima)

No sábado (14), será a vez de a Dri Dri iniciar as atividades, também na Rua Padre João Manoel. O empreendimento tem como sócios os franceses Dimitri Mussard, integrante da família fundadora da grife Hermès, e o administrador Nicolas de Virieu. Trata-se deuma filial da gelateria do italiano Adriano di Petrillo, que tem sede em Londres. "Investimos 100 000 reais só na máquina de fabricação." Além de frutas nacionais, como açaí e maracujá, a franquia vai trabalhar com matéria-prima já usada pela casa-mãe. A baunilha virá de Madagascar, o pistache da Itália e o chocolate da Bélgica.

O imóvel é, de longe, o maior entre os concorrentes: 300 metros quadrados, com capacidadepara cinquenta pessoas sentadas. "Para termos fiador para o imóvel, um amigo de Paris comprou um apartamento de alto padrão na Alameda Itu." Nas paredes, ao lado das mesinhas, há uma série de tomadas. "Queremos atrair gente com laptop, para ser uma alternativa ao Starbucks", explica Virieu. Para 2014, o plano é abrir mais duas franquias.

Sorveteria Purogusto
Sócios da Purogusto: Carlo Alberto Ghizzoni, Claudia Reggiani e Gianluca Scarazzini (Foto: Lucas Lima)

O preço cobrado pelas empresas é igual (9 reais o menor copo), mas o precursor desse sucesso afirma não temer as rivais. "Existia uma demandareprimida por sorveterias artesanais", acredita Edoardo Tonolli, sócio da Bacio di Latte. A rede já fechou contrato para lançar mais cinco lojas em 2014 na cidade e duas em outros estados. "Há mercado para que a nossa expansão continue."

  • Sorveterias

    Bacio di Latte - Oscar Freire

    Rua Oscar Freire, 136, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3062 0819

    VejaSP
    12 avaliações

    É de impressionar a expansão desta sorveteria aberta cinco anos atrás na Rua Oscar Freire. Atualmente, somam-se mais de vinte pontos de venda na capital, entre lojas e apes, como são chamados seus carrinhos. Hits das cubas são os sabores pistache e nerissimo, versão de chocolate à base de água e com sabor intenso. Os que são feitos de frutas frescas também agradam. O potinho com até três sabores custa entre R$ 11,00 (pequeno) e R$ 13,00 (médio). Na casquinha, o sorvete sai por R$ 11,00, com uma bola, e R$ 13,00, com duas.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Sorveterias

    Bacio di Latte - Consolação

    Rua Bela Cintra, 1829, Consolação

    Tel: (11) 3063 2084

    3 avaliações

    Sem precedentes no ramo das sorveterias, o sucesso de público da marca pode ser medido pelas longas filas nas unidades da cidade. Numa espécie de dilema da clássica propaganda do biscoito, fica a dúvida: o sorvete é tão gostoso porque está sempre fresquinho, ou vice-versa? Entre os sabores extremamente cremosos estão o nerissimo (amargo feito sem leite) e o gianduia crocante (acrescido de avelã). Outros hits são figo, doce de leite, banana e menta. Na casquinha ou no potinho, peça os tamanhos pequeno (R$ 10,00), médio (R$ 12,00) ou grande (R$ 14,00) — de acordo com a gula.

    Preços checados em 21 de março 2016.

    Saiba mais
  • Sorveterias

    Casa Elli

    Alameda Tietê, 163, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3063 4741

    VejaSP
    8 avaliações

    Ingredientes de qualidade e frutas orgânicas são usados para preparar os mais de oitenta sabores do catálogo. A cada dia, quinze deles ocupam os recipientes metálicos da vitrine. O de limão-siciliano é azedinho na medida e o de doce de manga com coco, cremoso, carrega pedaços de fruta. Ali também se encontra um dos melhores sorvetes feitos com pistache de Bronte na cidade (R$ 16,00 a bola). No copinho ou na casquinha, a porção menor, com dois sabores, sai a R$ 13,00.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Sorveterias

    Gelateria Dri Dri

    Rua Padre João Manuel, 903, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3061 9646

    VejaSP
    9 avaliações

    Filial de uma gelateria aberta por um italiano em Londres, sobressai pelos saboresde fruta, como açaí, goiaba e limão. Também investe em combinações ultrarrefrescantes, como a de tangerina, manjericão e um toque de morango e a de manga, gengibre e hortelã. Para quem quer algo mais “gordinho”, há o sorvete de creme com biscoitos e uma boa versão de baunilha. No pote, dois sabores custam R$ 10,00 e três, R$ 12,00. Quem pede a casquinha feita ali mesmo paga um pouco mais caro: R$ 12,00 e R$ 14,00, respectivamente.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Sorveterias

    PuroGusto

    Rua Oscar Freire, 502, Cerqueira César

    6 avaliações

Fonte: VEJA SÃO PAULO