VIOLÊNCIA

Nova chacina ocorre na região do Jardim São Luís

Dois menores foram assassinados na tarde de ontem, em um total de doze óbitos no final de semana

Por: João Batista Jr.

Parque Santo Antônio
Vista do Parque Santo Antônio: doze assassinatos em menos de 24 horas (Foto: Mario Rodrigues)

Este será conhecido como um final de semana sanguinário na região do Parque Santo Antônio, na Zona Sul. Depois de dez pessoas serem alvejadas entre a noite de sexta e a madrugada de sábado, na tarde de ontem dois menores, de 14 e 17 anos, foram mortos na mesma região. Ao todo, foram doze óbitos em menos de 24 horas.

Eles estavam em um bar na Rua Carnaubal quando sofreram disparos e morreram no local. Era 14 horas da tarde. A via fica a 3 quilômetros de distância da Avenida Fim de Semana, cenário de uma das tragédias ocorridas horas antes. A Rua Final de Semana é uma das principais da região, com comércio intenso e residências.

+ A rotina no Parque Santo Antônio, o mais perigoso de São Paulo

Mortes Jardim São Luís Zona Sul
Em um dos casos, cinco pessoas morreram a tiros dentro de um bar na Rua José Francisco de Oliveira, no Jardim São Luís (Foto: Marco Ambrosio/Folhapress)

As chacinas estão sendo investigadas pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Todos os casos foram registrados pelo 47º Delegacia de Polícia. “Aqui nesta área, vai chegar um momento em que não vai ter mais moradores”, disse um policial que trabalha na região e pediu para ter sua identidade preservada. Para se ter ideia do caos instalado por lá, o jardim da Escola Municipal Procópio Ferreira, que fica na Avenida Fim de Semana, amanhece com a grama cheia de preservativos. Jovens pulam os muros da escola para usar o espaço ao ar livre como motel.

A polícia não trabalha com ligação entre as chacinas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO