publicidade

Esporte

Neymar vira personagem e diz esperar que gibi incentive crianças a ler

Craque do Santos entra para seleção de jogadores que viraram personagens de Mauricio de Sousa; Ganso deve fazer parte de quadrinhos 

18.abr.2013 por Marcus Oliveira

Em meio a uma multidão de repórteres que questionava sua possível ida para o Barcelona na próxima temporada, Neymar entrou nesta quinta (18) para a seleção de craques eternizados pelo traço de criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa.

Assim como Pelé, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, Neymar Jr é inspirado no craque do Santos e terá o primeiro gibi lançado neste mês. As historinhas contam episódios da infância do jogador de 21 anos e narra as relações do jovem com a família e amigos.

“Fazer parte disso é incrível. É um orgulho não só para mim, mas para toda minha família. Só tenho que agradecer ao Mauricio pela oportunidade de realizar mais um sonho de família. Quero também que sirva de incentivo para a criançada ler mais”, disse o jogador.

Capa do primeiro exemplar do gibi de Neymar feito por Maurício de Souza
Capa do primeiro exemplar do gibi de Neymar feito por Maurício de Souza
(Foto:

Divulgação

)

Mensal, a primeira edição sai com tiragem de 150 mil exemplares e 68 páginas, pelo valor de R$ 3,90. Para criar os roteiros, o autor e sua equipe acompanharam a rotina de Neymar por aproximadamente quatro meses, cerca de duas a três horas por dia. “Ele é muito ocupado, portanto o pai, a mãe e a irmã contribuíram muito para a criação das histórias”, contou Mauricio de Souza.

Neymar esteve ao lado do Mauricio de Souza, o pai Neymar dos Santos e representantes da Panini, que comanda o lançamento do gibi
Neymar esteve ao lado do Mauricio de Souza, o pai Neymar dos Santos e representantes da Panini, que comanda o lançamento do gibi
(Foto:

Divulgação

)

Na história, o personagem também tem um coelho de estimação, uma turma, mas nenhuma relação com a personagem Mônica, que completa 50 anos em 2013. O motivo da presença do animal na história vem do fato de Neymar ter tido realmente um coelho quando era pequeno e guardar boas lembranças disso. Essa é a primeira vez que um dos personagens de Sousa viverá na praia e esse cenário será muito presente nas histórias, garante.

A parceria surgiu da vontade do próprio cartunista, que procurou pelo pai do jogador e logo fechou o contrato para criar a história em quadrinho. “Ele ficou até bonito”, brinca Neymar sobre o desenho do pai Neymar dos Santos.

Trecho da primeira página do gibi de Neymar feito por Maurício de Souza
Trecho da primeira página do gibi de Neymar feito por Maurício de Souza
(Foto:

Divulgação

)

Sem a companhia do filho David Luca, de 1 ano e sete meses, Neymar pretende usar as histórias para ensinar o pequeno a ler as primeiras palavras. “Ele é esperto como o Neymar. Logo, logo vai ler também”, disse o avô.

Cabelo

Motivo de grande repercussão, o corte de cabelo de Neymar foi uma das dificuldades na hora de criar o personagem. Sempre que o autor fazia uma versão final do desenho, o jogador postava uma foto nas redes sociais com um novo visual. “Vou contratar o cabeleireiro dele para dar uma segurada nas mudanças”, brincou Mauricio, que acabou adotando o corte moicano no personagem.

Em relação ao grupo de amigos que acompanhará o pequeno Neymar nos quadrinhos, Mauricio afirma que o próprio jogador ainda está sugerindo alguns nomes e, na sua opinião, Paulo Henrique Ganso deveria entrar a lista.

Trecho da história em quadrinho inspirada na vida do jogador Neymar
Trecho da história em quadrinho inspirada na vida do jogador Neymar
(Foto:

Divulgação

)

Apartidário

Pai de dez filhos, Mauricio não revela um time do coração e diz acompanhar os familiares nos jogos e torcer conforme a ocasião. “Tenho sido mais corintiano ultimamente”, confessa.

O projeto do gibi de Neymar será lançado a princípio no Brasil, mas há planos de expandir as histórias para o cenário internacional. "O Pelezinho fez muito sucesso. O Neymar é uma figura em atividade e vai ser mais forte ainda. É um personagem mundial, não só para o Brasil”, comenta Maurício de Sousa.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de o personagem usar camisas de times de fora do Brasil, o jogador, mais um vez, desconversou: “Isso aí é com o Mauricio, não tenho nada a ver. Estou feliz no Santos”.

publicidade

Ateliê Sustenta Capão
X

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail