Especial festas

Como fazer arranjos de fim de ano com 150 reais de orçamento

VEJA SÃO PAULO convidou um decorador e dois arquitetos para criar o visual da mesa de Natal e Ano-Novo

Por: Bruna Fasano - Atualizado em

Abre capa de natal_2196
Da esquerda para a direita - Piva: primeira visita ao Pari | Cristina: descobertas no centro da Lapa | Fernandes: batendo perna na 25 de Março (Foto: Mario Rodrigues)

Especialistas na arte de transformar ambientes em cenários deslumbrantes, o decorador Fernando Piva e os arquitetos Cristina Bozian e René Fernandes aceitaram o desafio de adornar a mesa para as comemorações de Natal e Ano-Novo usando apenas elementos à venda em ruas de comércio popular. Cada um deles recebeu de VEJA SÃO PAULO a quantia de 150 reais e podia entrar nas lojas que lhe chamassem a atenção, escolher os artigos mais atraentes e compor o look festivo.

Piva foi pela primeira vez à Avenida Vautier, no coração do Pari. “Eu me senti um estranho no ninho. Confesso que havia anos não vinha atrás de objetos em endereços como esse”, diz. O decorador concentrou-se num único estabelecimento, o Galpão das Flores. Do outro lado da cidade, Cristina percorreu a Doze de Outubro, uma das ruas mais movimentadas da Lapa. “O Natal nos dá a oportunidade de decorar a casa do nosso jeito, sem medo de parecer brega nem cafona”, acredita. Desviando dos transeuntes e ambulantes, René Fernandes descobriu tudo o que desejava e muito mais na fervilhante 25 de Março, no centro. “Quando se tem uma verba fechada para decorar, como neste caso, pechinchar fica mais divertido”, garante. Em seguida, cada um deles rumou para a residência e montou o arranjo. Confira o detalhado passo a passo nas páginas seguintes e descubra o visual que combina com seu estilo.

VALORIZAÇÃO DO REQUINTE CLÁSSICO

(feito por Fernando Piva)

Ao optar por um centro de mesa tradicional, Fernando Piva não teve dificuldade em escolher todo o material necessário em um único endereço, o Galpão das Flores, no Pari (1).

Fernando Piva no Galpão das Flores_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Depois de percorrer os corredores da loja, idêntica a muitas outras alinhadas na mesma Avenida Vautier, ele encontrou o que queria. Gastou, no total, 170,30 reais. Como pagou à vista, obteve um desconto de 12%, levando tudo de que precisava por 150 reais. Seu principal investimento foi um bonito vaso de vidro do modelo donzela, cujo desenho lembra formas femininas. O decorador também levou para casa uma guirlanda com frutas vermelhas, uma vela grande na cor dourada, festão verde, ramos de bico-de-papagaio, galhos verdes e dourados e minigalhos metalizados (2). 

Fernando Piva material_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

“Preferi montar um enfeite clássico porque agrada à maioria das pessoas e o risco de errar é menor”, explica. Ele começou a preparação vestindo a parte de baixo do vaso com a guirlanda. Para valorizar a transparência da peça e conferir-lhe certa altivez, pôs dentro dela o festão e, no centro, a vela (3). 

Fernando Piva montagem_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Na etapa seguinte, incrementou a guirlanda ao adorná-la usando os ramos do bico-de- papagaio, além dos galhos e dos minigalhos (4). 

Fernando Piva montagem_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Para concluir, bastou colocar o arranjo no centro da mesa e acender a vela (5), reforçando o clima de festa. “Quem prefere se manter dentro da tradição e, ao mesmo tempo, dar um toque mais requintado à noite deve optar por cores como branco, cobre e alaranjado”, aconselha. “Ramos e galhos cheios de brilho têm a vantagem de realçar o resultado.” 

Fernando Piva arranjo pronto_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

O PREÇO DO ENFEITE: 150 reais*

Material utilizado

■ 1 vaso grande de vidro: 63 reais

■ 1 guirlanda: 53 reais

■ 1 festão verde: 2,90 reais

■ 1 vela cilíndrica dourada: 6,40 reais

■ 6 ramos de bico-de-papagaio: 3,45 reais cada um (20,70 reais)

■ 3 galhos verdes e dourados: 5,40 reais cada um (16,20 reais)

■ 3 minigalhos metalizados: 2,70 reais cada um (8,10 reais)

Tempo de montagem: 20 minutos

■ Galpão das Flores. Avenida Vautier, 702, Pari, tel.: 3326-7102.

* Valor com desconto de 12%

 

MODERNINHO E DIVERTIDO

(feito por Cristina Bozian)

Esqueça o verde e o vermelho, muito usados nos festejos de fim de ano. A proposta de Cristina Bozian evita se concentrar apenas nessas cores, assim como nas ideias convencionais. Depois de uma visita a duas lojas no centro comercial da Lapa (1), a arquiteta escolheu elementos que, em princípio, não representam as tradições natalinas, mas reunidos criam uma atmosfera divertida para a ceia. 

Cristina Bozian na Lapa_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Para conseguir esse efeito, ela comprou um centro de mesa de vidro com pedestal na Casas Miranda. Na Armarinhos Fernando, selecionou uma árvore de arame, um pisca-pisca de estrela, canetas coloridas, post-its, fita de amarração estampada de bolinhas e uma pistola de cola quente (2). 

Cris Bozian enfeites_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Na primeira etapa, ela fez pequenos laços com a fita de amarração (3) e, na seguinte, encaixou-os nos fios da árvore (4). 

Cristina Bozian enfeites_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

 

Cristina Bozian árvore de natal_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Auxiliada pela pistola de cola quente, a arquiteta fixou uma das estrelas do pisca-pisca na ponta da árvore. Para dar altura, ela colou o enfeite no centro de mesa com pedestal e distribuiu o pisca-pisca na base. Depois de escrever desejos e mensagens bacanas, Cristina pregou os post-its na árvore (5). “Além de dar um colorido, é possível renovar os escritos do Natal para o Ano-Novo”, diz. 

Cristina Bozian árvore de natal_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

O PREÇO DO ENFEITE: 68,32 reais

Material utilizado

■ 1 centro de mesa de vidro com pedestal: 18,16 reais

■ 1 árvore de Natal de arame: 13,99 reais

■ 1 pisca-pisca de estrela: 14,99 reais

■ 2 pacotes de fita de amarração: 3,99 reais cada um (7,98 reais)

■ 1 pistola de cola quente: 4,30 reais

■ 2 canetas coloridas: 3,90 reais

■ 2 pacotes de post-its com 4 unidades: 2,50 reais cada um (5 reais)

Tempo de montagem: 55 minutos

■ Armarinhos Fernando. Rua Doze de Outubro, 194/198, Lapa, tel.: 3643-4110.

■ Casas Miranda. Rua Antônio Raposo, 12, tel.: 3729-0597.

EXUBERÂNCIA MONOCROMÁTICA

(feito por René Fernandes)

Quando chegou disposto a bater perna na região da 25 de Março (1), que inclui ruas como a Ladeira Porto Geral, René Fernandes tinha um projeto na cabeça. Queria objetos natalinos numa única cor, o vermelho. “Acho muito interessante usar apenas uma tonalidade”, diz. “O segredo está em misturar materiais diferentes e de variadas formas geométricas.” 

René Fernandes 25 de Março_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Para obter um resultado exuberante e de grande efeito, ele foi a duas lojas. Na Brilhos, pegou quatro sinos de papel dobráveis em dois tamanhos. Depois de revirar as prateleiras do Armarinho Ambar, separou bolas natalinas em diversos tamanhos, do pequeno a um bem grande (2). “Temos de selecionar as peças que as lojas oferecem, levando em conta como é a casa, onde fica a mesa, o estilo da família e os convidados para a ceia”, diz. 

René Fernandes enfeites_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Fernandes começou amarrando em trio as bolas grandes (3) e, na sequência, armou os sinos de papel (4), que necessitam ser colados. 

René Fernandes enfeites_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

 

René Fernandes enfeites_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

Em um lado da mesa, dispôs o sino grande acompanhado de dois menores, criando uma interessante composição de diferentes alturas. Na outra extremidade, colocou as bolas grandes e outro sino pequeno. De forma divertida, fixou bolas menores na ponta de castiçais (5), numa representação da chama. Com charme, montou ainda um sacado porta-guardanapos usando apenas uma bola pequena e a fita que vem presa a ela. “Sabendo definir as proporções e distribuir os elementos de modo harmonioso, qualquer enfeite, por mais barato e simples que seja, fica chique”, acredita. “Além disso, um bom adorno é aquele que agrada a todo mundo e não rouba a cena do Natal.”  

René Fernandes arranjo_2196
(Foto: Mario Rodrigues)

O PREÇO DO ENFEITE: 113,06 reais

Material utilizado

3 sinos pequenos: 9,52 reais cada um (28,56 reais)

1 sino grande: 21 reais

3 bolas de Natal grandes: 17,60 reais cada uma (52,80 reais)

2 pacotes com 4 bolas de 6 cm: 3,20 reais cada um (6,40 reais)

1 pacote com 4 bolas de 7 cm: 4,30 reais

Tempo de montagem: 45 minutos

■ Armarinho Ambar. Rua 25 de Março, 739, tel.: 3228-4871.

■ Brilhos. Ladeira Porto Geral, 127, tel.: 3228-7438.

 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO