Internet

Mauricio Cid: caçador de hits

O blogueiro que fez sucesso no Orkut e tem faro para caçar pérolas no YouTube

Por: Ricky Hiraoka [colaborou Daniel Bergamasco] - Atualizado em

Cid Não Salvo
Mauricio Cid: 800 000 fãs no Facebook (Foto: Fernando Moraes)

Se você já foi importunado por vídeos esquisitões como os dos funks Quadradinho de Oito e Passinho do Volante (Ah, leleklek...) ou o dos irmãos desafinados do refrão “Para nossa alegria”, pode culpar o barbudo da foto (ou lhe agradecer). Com o blog Não Salvo, Mauricio Cid, de 28 anos, mostra faro ímpar para caçar pérolas publicadas por anônimos no YouTube e nas redes sociais e fazer piadas a respeito. Ser incluído no endereço eletrônico significa passar, em questão de horas, de poucas dezenas para milhões de cliques. O resultado são alguns prêmios (como o youPix) de melhor blog do país, 800 000 fãs no Facebook e uma audiência grandiosa, de 11 milhões de visualizações de página só em abril.

Cid, filho de mecânico e dona de casa, fez fama na internet durante o auge do Orkut, no qual mantinha exatas 1 024 comunidades, ancoradas em humor nonsense, como “Eu odeio unicórnios”. Em 2008, porém, o site deletou seu perfil. “Uma das páginas ironizava o interesse de Michael Jackson por criancinhas e acabou denunciada por suspeita de promoção da pedofilia”, explica ele, que decidiu fundar o blog na ocasião.

Há dois anos, o corintiano fanático (a barba é fruto de promessa pela conquista da Libertadores em 2012) trocou a casa dos pais, em Santos, por um apartamento no Butantã e contratou dois outros jovens populares da web, que se mudaram para lá (o chefe ocupa o quartinho de empregada). Ele não fala de faturamento, mas inclui até duas ações publicitárias por semana ao custo mínimo de 8 000 reais cada uma, segundo dados de mercado. Às reuniões com clientes, comparece de bermuda e chinelos de dedo, mas é ele quem estranha os outros participantes. “Tem executivo de banco que não entende como um vídeo bobo pode atrair milhões de visitas”, espanta-se.

naosalvo.com.br

Mote: descobre pérolas publicadas por anônimos na rede

Audiência: 11 milhões de visualizações em abril

+ Os jovens que fazem barulho (e dinheiro) com blogs na rede

+ Lala Rudge: guarda-roupa poderoso

+ Emerson Viegas e Jaqueline Barbosa: sem pudor de correr atrás dos sonhos

+ Phelipe Cruz: divertido, só o conteúdo

+ Guilherme Valadares: longe do papo de borracharia

+ Lia Camargo: da Zona Leste para Nova York

+ Marcelo Cidral: piada até para falar sério

Fonte: VEJA SÃO PAULO