GENTE

Namorada do ator Jim Carrey se suicida, diz site

Portal TMZ, especializada na cobertura de celebridades, afirma que a maquiadora Cathriona White, de 28 anos, morreu na noite de segundo em decorrência de overdose 

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Jim Carrey
O ator Jim Carrey (Foto: Reprodução)

A namorada do ator Jim Carrey, Cathriona White, foi encontrada morta nesta segunda-feira (28) em sua casa em Los Angeles, Estados Unidos. De acordo com o site TMZ, especializado em celebridades, a maquiadora de 28 anos cometeu suicídio.

Jim Carrey causa polêmica nas redes sociais ao publicar foto de criança com autismo

Ainda segundo o veículo de comunicação norte-americano, autoridades policiais receberam um chamado de socorro na noite de segunda-feira. 

jimcarrey2
O ator e a namorada Cathriona White: relacionamento marcado por idas e vindas (Foto: Reprodução)

Seu corpo foi achado por dois amigos que desconfiaram de seu desaparecimento e foram conferir se ela estava bem. Ela teria morrido em decorrência de uma overdose de drogas.

Fontes informaram ao TMZ que Cathriona deixou um bilhete de despedida para Jim Carrey, com quem teria rompido o relacionamento no último dia 24.

jimcarrey3
A maquiadora Cathriona White: suspeita de suicídio (Foto: Reprodução)

Naquele mesmo dia, a jovem publicou um recado misterioso no Twitter: “Espero ter sido uma luz para os meus próximos e queridos”.

+ Confira as últimas notícias

Carrey, de 53 anos, e Cathriona começaram a namorar em 2012. O relacionamento, no entanto, foi marcado por idas e vindas. Em maio deste eles voltaram a sair juntos. 

Em comunicado obtido pela revista People, Carrey afirmou estar "profundamente abalado". A mensagem também presta homenagem à maquiadora, que fez parte da vida do ator nos últimos três anos "Ela era uma generosa e delicada flor irlandesa, sensível demais para este solo, que só queria amar e ser amada". "Meu coração está com a sua família e amigos, além de todos que a amavam e se preocupavam com ela", o comediante completou. 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO