Olimpíada

Nadador se envolveu em briga em posto de gasolina, diz TV americana

Segundo a TV americana ABC, câmera de segurança flagrou um dos atletas quebrando a porta do banheiro na noite em que disseram terem sido assaltados

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

globo atletas
(Foto: Reprodução / Rede Globo)

A emissora americana ABC News informou nesta quinta-feira (18) que um dos nadadores americanos que disseram ter sido assaltados no Rio de Janeiro no último domingo (14) se envolveu em uma confusão em um posto de gasolina na mesma noite. A TV não revelou a identidade do atleta. 

Segundo a emissora, uma fonte da polícia brasileira disse que o atleta foi visto em imagens do circuito interno de um posto de gasolina quebrando a porta de um banheiro. Ele também teria lutado com um segurança após tentar sair sem pagar.  De acordo com a TV Globo, a Polícia Civil carioca descartou a hipótese de assalto e disse que o grupo "se envolveu em uma confusão". 

Em entrevista ao jornal O Globo, o dono do posto de gasolina disse que os atletas protagonizaram atos de vandalismo no estabelecimento.  

+ Caso de nadadores impedidos de voltar aos EUA repercute no exterior

Nesta quarta-feira (17), os nadadores americanos Gunnar Bentz e Jack Conger foram impedidos de voltar aos Estados Unidos. Os atletas foram retirados de dentro do voo que seguia para Nova York e levados para a Delegacia de Atendimento Policial no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro para depor sobre o suposto assalto que teriam sofrido junto com os nadadores Ryan Lochte e James Feigen no último domingo (14) na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. Segundo a Polícia Civil, os passaportes de Bentz e Conger foram apreendidos.

O caso foi noticiado nos principais veículos internacionais, entre eles, o canal americano CNN, o jornal inglês The Guardian, a emissora britânica BBC e o jornalThe New York Times

+ Jardins verticais do Minhocão são investigados por desvio de verba

Nesta quarta (17), a juíza Keyla Blanc De Cnop, do Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos, determinou busca e apreensão dos passaportes de Lochte e Feigen para que as autoridades possam prosseguir com as investigações do suposto assalto. A medida foi tomada com base em requerimento do Ministério Público. Lochte deixou o país na segunda-feira (15) e Feigen continua no Brasil. 

A juíza aponta divergências nos relatos dos nadadores a respeito do assalto devido ao comportamento dos atletas ao chegarem à Vila Olímpica após uma festa. Eles chegaram inabalados e fazendo brincadeiras, segundo a magistrada. O vídeo das câmeras de segurança foi divulgado pelo portal de notícias Daily Mail.

Em depoimento à Polícia Civil, Lochte afirmou que os esportistas teriam sido abordados por um assaltante, que exigiu a entrega de todo o dinheiro. Já o nadador Feigen contou que os atletas foram surpreendidos por alguns bandidos, mas que apenas um deles estava armado.

daily mail nadadores
(Foto: Reprodução / Daily Mail )

+ Confira as últimas notícias 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO