Vídeo

Grupo se reúne para tocar piano e cantar na Rodoviária do Tietê

Sarau acontece toda quinta-feira, a partir das 7 horas da noite

Por: Adriano Conter, Juliene Moretti e Kiko Costato - Atualizado em

Em meio ao corre-corre da Rodoviária do Tietê, um som de piano no canto de uma lanchonete atrai a atenção dos passantes. No comando do meia cauda, a pianista Sidnéia Silvia Antonio dedilha clássicos e canções populares enquanto Jacob Kabderian e Magali Parreira cantam para o público entre uma partida ou chegada. Toda quinta-feira, a partir das 7 horas da noite, os três e mais uma turma de senhores (que varia em quantidade dependendo do dia) se reúnem para a cantoria.

+ MAIS VÍDEOS

"Começamos no metrô Santana, no piano de lá. Quando o tiraram do local, a gente encontrou este aqui. Migramos", conta Sidnéia, a Néia, como é chamada pelo grupo. Eles ocupam o espaço há pouco mais de um ano e meio e são especialistas em canto lírico. "É uma satisfação porque a gente acaba recebendo muitos aplausos e o nosso estilo musical não é tão bem aceito aqui no país", diz Jacob, que chegou a estudar canto na Europa. "Se a gente não pode ganhar com isso, pelo menos a gente se diverte, certo?", diz. Bons de papo também, eles costumam atrair cada vez mais pessoas que chegam a transferir os horários das viagens para um pouco mais de dedo de prosa e música.

Rodoviária - Canto - Piano - Sarau
Rodoviária do Tietê: som de piano no canto de uma lanchonete atrai a atenção dos passantes (Foto: Redação)

Fonte: VEJA SÃO PAULO