Especiais

Museus em São Paulo

Por: Uiara Araújo - Atualizado em

Museus em São Paulo Foto 2
(Foto: Veja São Paulo)

Com a ajuda crítico de artes plásticas de Veja São Paulo, Jonas Lopes, elaboramos um ranking com os melhores museus e centros culturais da cidade. Foram levados em consideração o acervo permanente do lugar, a estrutura física e a regularidade e qualidade das mostras temporárias. Saiba um pouco mais sobre cada um deles e programe sua visita.

  • Comer & Beber 2009-2010: comidinhas

    Atualizado em: 28.Set.2012

  • Comer & Beber 2009-2010: restaurantes

    Atualizado em: 28.Set.2012

  • Famoso pelas exposições fotográficas
    Saiba mais
  • Pinacoteca em primeiro lugar

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    O acervo conta com mais de 6 000 peças
    Saiba mais
  • Masp em segundo lugar

    Atualizado em: 28.Jan.2011

    É considerado o museu mais importante da América Latina
    Saiba mais
  • MAM em terceiro lugar

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    São mais de 60 anos de trajetória
    Saiba mais
  • Estação Pinacoteca em quarto lugar

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    Cinco andares dedicados ao lazer e à cultura
    Saiba mais
  • Instituto Tomie Ohtake em quinto lugar

    Atualizado em: 28.Jan.2011

    O instituto abriga arte nacional e estrangeira
    Saiba mais
  • CCBB tem vasta programação cultural
    Saiba mais
  • MAC em oitavo lugar

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    As exposições são gratuitas
    Saiba mais
  • São cerca de 3 000 visitantes por final de semana
    Saiba mais
  • Museu Lasar Segall em nono lugar

    Atualizado em: 7.Dez.2010

    O museu exibe 3 008 trabalhos originais de Segall
    Saiba mais
  • Museus

    Pinacoteca de São Paulo

    Praça Da Luz, 2, Bom Retiro

    Tel: (11) 3324 1000

    8 avaliações
  • Museus

    Museu de Arte Moderna (MAM)

    Parque Do Ibirapuera, s/nº, Parque Ibirapuera

    Tel: (11) 5085 1300

    3 avaliações

    Foi fundado em 1948 pelo empresário Ciccillo Matarazzo e transferido em 1968 para o prédio que ocupa hoje, também no Parque do Ibirapuera. Seu acervo conta com mais de 5 000 obras entre pinturas, esculturas, desenhos, vídeos e instalações. Possui também uma agradável área ao ar livre de 6 000 metros quadrados, projetada pelo paisagista Burle Marx, com esculturas de trinta artistas brasileiros.

    Saiba mais
  • Museus

    Estação Pinacoteca

    Rua General Osório, 66, Santa Efigênia

    Tel: (11) 3335 4990

    Sem avaliação

    A instituição fica no antigo prédio do Departamento Estadual de Ordem Política e Social (o Deops). Seus salões amplos e de pé-direito alto mostram-se perfeitos para receber trabalhos de grandes dimensões. A partir de outubro de 2016, o prédio passou a expor somente exposições contemporâneas, com peças do acervo da Pinacoteca produzidas a partir dos anos 80, além de mostras temporárias. Com o ingresso em m]aos, é possível também visitar o prédio principal da Pinacoteca localizada no Parque da Luz.

    Saiba mais
  • Museus

    Museu de Arte Contemporânea (MAC)

    Rua Da Reitoria, 160, Butantã

    Tel: (11) 3091 3039

    Sem avaliação
  • Museus

    Museu da Língua Portuguesa

    Praça Da Luz, s/n, Bom Retiro

    Tel: (11) 3322 0080

    7 avaliações

    O museu já realizou homenagens a escritores como Fernando Pessoa, Machado de Assis, Clarice Lispector e Cazuza. Nas montagens permanentes, o espaço se dedica à valorização da língua portuguesa, usando a tecnologia para apresentar os conteúdos. O Beco das Palavras, por exemplo, é uma mesa interativa usada para formar vocábulos e descobrir seus significados e origens. Já a Linha do Tempo mostra aos visitantes a história do idioma. Há ainda um telão de 106 metros com projeções simultâneas sobre o uso do português e totens com a influência de outras línguas como tema. Observar com atenção a estrutura do prédio onde o museu está instalado também faz parte do passeio. Na Estação da Luz, o edifício é um patrimônio histórico do Século XIX.

    Saiba mais
  • Museus

    Museu Lasar Segall

    Rua Berta, 111, Vila Mariana

    Tel: (11) 2159 0400

    2 avaliações
  • Centros culturais

    Instituto Tomie Ohtake

    Rua Dos Coropés, 88, Pinheiros

    Tel: (11) 2245 1900

    Sem avaliação

    Inaugurado em 2001, ocupa um prédio roxo e vermelho de traços futuristas em Pinheiros. Projetado por Ruy Ohtake, filho da artista que dá nome ao lugar, o edifício foi inicialmente pensado para abrigar somente as obras de Tomie, além de um complexo de escritórios. Com o tempo, passou a se empenhar na revelação de jovens artistas, dando espaço, em suas sete salas expositivas, a nomes da nova geração — o mais recente deles foi o da pintora Ana Prata. Não deixe de aproveitar o Santinho, restaurante de cozinha rápida da chef Morena Leite, que funciona ali. O Teatro Geo, a livraria Gaudi e a loja de objetos IT completam as atrações do Tomie Ohtake.

    Saiba mais
  • Museus

    Masp

    Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

    Tel: (11) 3149 5959

    VejaSP
    16 avaliações

    O mais importante museu da América Latina reúne 8000 obras em seu acervo, a maior coleção de arte europeia fora do continente e dos Estados Unidos. Quadros emblemáticos de Van Gogh, Renoir, Rembrandt, Monet, Manet, Picasso, Modigliani impressionam qualquer pessoa que passa por lá. A coleção, porém, vai muito além disso: tem núcleos dedicados à arte brasileira, moda, arqueologia, fotografia, entre outros. Desde o segundo semestre de 2014, a instituição tem como presidente o empresário Heitor Martins, que convidou Adriano Pedrosa para ser o diretor artístico da instituição. Atualmente, o Masp tem passado por uma fase de grandes mudanças em sua programação, conselho, café, loja e estrutura.

    Sua mais importante mudança é a volta dos cavaletes de vidro a partir de dezembro de 2015. Eles foram criados pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, também autora do projeto do atual prédio da instituição, na Avenida Paulista, inaugurado em 1969. Por si só, a construção de vidro e concreto aparente, é um desenho único; e seu vão-livre, uma referência para todo o mundo. Para expor os quadros que estavam sendo, então, garimpados pelo empresário Assis Chateaubriand e crítico Pietro Maria Bardi, Lina criou cavaletes presos a blocos de concreto, de maneira que, dependurados, os quadros "flutuam". Em 1996, durante a gestão de Julio Neves, a expografia foi derrubada, e substituída por paredes tradicionais.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO