Arte

Museus em meia hora

Não é necessário passar um dia inteiro enfurnado em um museu para curtir o que ele tem de melhor. Veja São Paulo percorreu as sete principais instituições da cidade e montou roteiros de meia hora com o que há de mais interessante para ver em cada lugar

Por: Gisele Kato - Atualizado em

Museus em meia hora
Museus em meia hora (Foto: Veja São Paulo)

Quanto mais tempo diante de uma obra de arte, maiores as chances de se surpreender entre pinceladas, formas e matérias-primas. Mas não é necessário passar um dia inteiro enfurnado em um museu para curtir o que ele tem de melhor. Veja São Paulo percorreu as sete principais instituições da cidade – que recebem, juntas, mais de 210 000 visitantes por mês – e montou roteiros de meia hora com o que há de mais interessante para ver em cada lugar. Este guia pode servir tanto para quem quer ter um primeiro contato com o que está exposto como para quem está com pressa – e também para quem quer fazer uma nova visita com as dicas em mãos. São programações tão diferentes que se pode apostar: aqui existe ao menos um endereço para cada gosto. Isso porque, de fato, não há metrópole na América Latina com tantas opções nessa área

 

> Museu de Arte de São Paulo (Masp)

> Museu da Imagem e do Som (MIS)

> Museu do Ipiranga

> Museu da Língua Portuguesa

> Museu de Arte Moderna (MAM)

> Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC)

> Pinacoteca do Estado

Fonte: VEJA SÃO PAULO