House e celebridades

Museum: nome na lista faz a diferença

Sem cadastro prévio, cliente pode gastar até R$ 250 para curtir a balada e corre o risco de ser barrado

Por: Isabela Rosemback - Atualizado em

Museum balada luxo
A Museum é famosa pela boa seleção de house na pista e pela presença de celebridades (Foto: Divulgação)

A luxuosa Museum é famosa pela boa seleção de house na pista e pela presença de celebridades como Rodrigo Santoro, Priscila Fantin, Bruno Gagliasso e integrantes dos internacionais Faith No More e Evanescence.

+ Confira as casas noturnas de luxo da cidade

Para frequentar, é preciso nome na lista ou desembolsar R$ 250, com direito a consumir R$ 220. Para as mulheres, a balada sem nome na lista sai por R$ 80 com direito a consumir R$ 50. Os preços, entretanto, podem aumentar conforme a lotação da casa e o avançar das horas.

O nome na lista alivia bem a conta. Homens passam a pagar R$ 150, com direito a consumir R$ 120, e, mulheres, R$ 30, valor correspondente ao ingresso na casa. Por ali, cada cerveja long neck custa uma bagatela: entre R$ 20 e R$ 30.

+ Luxo: veja guia com os melhores restaurantes, cinemas, baladas e muito mais

Curtir a noite na Museum também exige traje esporte fino, sujeito à análise da hostess, que pode barrar quem não estiver de acordo os critérios da casa.

Na balada, camarotes podem ser fechados para 4, 8 ou 12 pessoas, por R$ 1 550, R$ 3 000 ou R$ 5 000, respectivamente. Todos incluem champanhes e destilados e são decorados com sofás botonê.

Fonte: VEJA SÃO PAULO