Cultura

Museu de Arte de São Paulo (MASP) oferece ajuda para entender acervo

Orientadores podem levá-lo por mais de três horas

Por: Marcela Besson e Uiara Araújo - Atualizado em

O que ver: o acervo fixo, considerado o mais completo da América Latina, contempla desde a Antiguidade greco-romana até a arte contemporânea, com destaque para obras de Rafael, Mantegna, Monet, Van Gogh, Cézanne e Degas; mais as mostras temporárias com programaçao de arte contemporânea.

Visita orientada: a partir de dez participantes a reserva deve ser feita pelo telefone 3283-2585 (visita simples, R$ 10,00; com atividade de ateliê, R$ 15,00). As visitas temáticas particularizadas, sem agendamento, ocorrem em dias e horários pré-estabelecidos: quarta, 11h15 e 12h; sexta, 11h15, 14h, 15h e 16h. Fique atento ao site do museu: a seção Serviço Educativo reúne informações detalhadas sobre os diferentes tipos de atendimento (masp.com.br/servicoeducativo/)

Duração: varia de 15 minutos (observação de uma única obra) a 3 horas e 15 minutos

Fonte: VEJA SÃO PAULO