Exposição

Museu da Língua Portuguesa estende horário de visitação às terças

Programação de 2013 prevê exposições de Cazuza, Drummond, Vinícius de Moraes e Paulo Coelho

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

Museu-da-Língua-Portuguesa
Museu da Língua Portuguesa recebe exposições especiais em 2013 (Foto: Divulgação)

O Museu da Língua Portuguesa, na Praça da Luz, estende seu horário de visitação noturna às terças, a partir de hoje, até às 22h. A iniciativa busca aumentar o acesso da população ao espaço, que este ano receberá exposições sobre Cazuza, Carlos Drummond de Andrade, Vinícius de Moraes e Paulo Coelho, entre outros.

Normalmente, o museu abre as portas das 10h às 18h. Com a mudança, às terças a bilheteria funcionará até às 21h. Os ingressos custam até R$ 6,00 - com entrada gratuita aos sábados.

Atualmente, o local abriga a mostra "Essa Sala é uma Piada" formada por cartuns, charges, caricaturas e microcontos que ressaltam a diversidade de povos e culturas da cidade de São Paulo. Já o acervo fixo, que retrata a evolução da ortografia brasileira, passa por uma reformulação e se adequa às novas regras ortográficas, narrando mais essa mudança na história da escrita no Brasil.

Novidades

Para 2013, o Museu terá três exposições temporárias e cinco mostras que homenageiam nomes como Cazuza, Carlos Drummond de Andrade, Vinícius de Moraes e Paulo Coelho. No mês de março, o público já pode conferir a montagem “Poesia Agora”, que divulga o trabalho de uma nova geração de poetas e visa aproximar o leitor do autor e, em alguns casos, misturar esses papéis.

No fim do primeiro semestre, o Museu da Língua Portuguesa dá espaço para a obra de Cazuza. Segundo o diretor do espaço, Antônio Carlos Sartini, a mostra é totalmente interativa e contará com imagens nunca antes expostas do cantor, vindas do arquivo pessoal de sua mãe, Lucinha Araújo. Além de musical, a exposição reunirá histórias divertidas e curiosas sobre a vida pessoal do artista. Entre elas, Sartini ressalta um momento onde Cazuza tinha 12 anos e seguiu por algum tempo o escritor Carlos Drummond de Andrade pelas ruas do Rio de Janeiro, afirmando precisar "respirar o mesmo ar" do grande poeta.

Para o mês de novembro, quem recebe homenagens no local é Vinícius de Moraes. Na exposição dedicada ao poeta, o público poderá conhecer as diversas faces de Vinícius que vão de poesias à composições, jornalismo, dramaturgia e mais. Além das três ocupações temporárias, o Museu terá mostras que abordarão a obra do poeta Carlos Drummond de Andrade, do cronista Rubem Braga e do escritor Paulo Coelho, além de uma montagem sobre a origem dos nomes dos municípios paulistas. A direção do museu ainda não divulgou as datas oficiais de ínicio de cada exposição.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO