Crianças

Museu Catavento diverte e ensina temas ligados às ciências

Local no centro da cidade reúne 250 atrações que também divertem os menorzinhos

Por: Meriane Morselli - Atualizado em

Catavento Cultural e Educacional - 2198
A instalação Fluidos: a criançada se esbalda na bolha de sabão gigante (Foto: B. Dias)

Instalado desde março de 2009 no Palácio das Indústrias, antiga sede da prefeitura na região central, o museu Catavento Cultural e Educacional reúne 250 atrações que instigam a curiosidade em quatro espaços expositivos. Embora voltadas às crianças com mais de 6 anos, suas instalações, vídeos e geringonças também divertem os menorzinhos. Tudo começa numa viagem espacial. Na área chamada Universo, a garotada desvenda, no chão, a Via Láctea. Através de lunetas instaladas em painéis, são vistas fotografias tiradas pelo telescópio Hubble. Completa o passeio um meteorito importado da França. Na sequência, um ambiente parecido com uma caverna leva ao salão Vida, onde estão aquários e uma coleção de borboletas coloridas de encher os olhos.

Repleto de interatividade, o Engenho revela-se o pavilhão mais bacana. Lá ficam o gerador de Van Der Graaf, que arrepia os cabelos de quem o toca, e a Sala das Ilusões, uma espécie de casa maluca na qual os visitantes testam o equilíbrio. A meninada faz experimentos de física, pode gravar um programa de TV em um estúdio e se esbaldar ao entrar numa bolha de sabão gigante na instalação Fluidos. No piso superior, o setor Sociedade encerra o programa com parede de escalada, um laboratório de química e o jogo interativo NanoAventura. Algumas atividades têm horários fixos e necessitam de senhas — verifique na bilheteria ao entrar. E reserve três horas para aproveitar todo o roteiro. Em tempo: o Catavento abriga até o dia 25 a exposição “Evolução e Natureza Tropical”, sobre a teoria da evolução das espécies, de Charles Darwin.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO