Crise hídrica

Multa para quem consumir água em excesso chega em fevereiro

Até o fim de 2015, Sabesp poderá multar em até 100% quem consumir mais de 20% acima da média individual

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Desperdício de água
Quando a crise de abastecimento já dava seus primeiros sinais, o paulistano mantinha hábitos que agravariam a situação dos reservatórios. Na imagem de fevereiro do ano passado, homem lava faixa de segurança na Rua dos Açores, no bairro do Ibirapuera (Foto: Moacyr Lopes Júnior/Folhapress)

A partir desta quinta-feira (8), a Sabesp passa a ter autorização para multar em até 100% quem gasta água em excesso no estado. A casa que extrapolar o limite deverá receber a penalidade na próxima conta, no mês de fevereiro. 

A empresa vai levar em conta o consumo individual entre os meses de fevereiro de 2013 e janeiro de 2014 e tirar uma média. Quem consumir até 20% acima do padrão, paga 40% de multa sobre o valor da conta. Já os que gastarem mais de 20% além do usual estão sujeitos a uma pena de 100%. A sobretaxa será aplicada apenas sobre o consumo de água da Sabesp - parte da conta é referente ao serviço de coleta de esgoto. 

+ As últimas notícias da cidade

A multa deve vigorar até dezembro deste ano. Segundo a Sabesp, 446 677 mil casas ou estabelecimentos estão na mira do governo por terem consumido água acima da média em novembro passado. Só eles gastaram 6 386 litros por segundo em novembro, volume que corresponde a 34% de toda a produção de água do Sistema Cantareira naquele mês, que foi de 18 740 litros por segundo.

(Com Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO